Biden confirmado como Presidente. Trump promete transição “ordeira” de poder

Um dia depois das invasões ao Capitólio, Joe Biden é formalmente confirmado como Presidente dos Estados Unidos.

O Congresso confirmou no início desta quinta-feira a eleição de Joe Biden como presidente dos Estados Unidos, um dia depois de uma multidão ter invadido o Capitólio, num esforço para evitar que o Presidente Donald Trump fosse formalmente reconhecido como derrotado.

A confirmação surgiu depois da Câmara dos Representantes e do Senado, ambos em votações separadas, terem rejeitado de forma esmagadora os esforços colocados em andamento por parte de alguns republicanos para impedirem a aceitação das vitórias de Joe Biden nos estados do Arizona e da Pensilvânia.

No seguimento desta aprovação, Donald Trump, por via do seu diretor de comunicação Dan Scavino, afirmou que a transição no poder será “ordeira”, salientando no entanto, e uma vez mais, que discorda “totalmente do resultado das eleições”.

Tudo isto acontece depois de Joe Biden ter obtido, nas eleições presidenciais, 306 votos no Colégio Eleitoral, 36 votos a mais do que aqueles que necessitava para garantir a vitória. Já Donald Trump angariou 232 votos.

(Notícia atualizada às 9h12 com mais informação)

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Biden confirmado como Presidente. Trump promete transição “ordeira” de poder

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião