Bancos continuam abertos no confinamento, mas têm novas regras de atendimento

Balcões continuam a atender clientes ao público, mas há novas regras. Com o Governo a pedir para ficar em casa, os bancos apelam para que se privilegiem os canais digitais: app de telemóvel ou site.

Os bancos vão continuar a funcionar durante o confinamento, mas os balcões observam já a partir desta sexta-feira algumas restrições no atendimento ao público. Com o Governo a pedir que todos fiquem em casa, para travar o descontrolo da pandemia, as instituições financeiras reiteram o apelo para os clientes privilegiarem os canais digitais: a app do telemóvel ou o homebanking a partir do computador.

As várias instituições contactadas pelo ECO referiram que os balcões vão continuar a atender aos clientes, mas com atendimento condicionado a fim de assegurar as regras de segurança sanitária.

“A Caixa vai ter as agências a funcionar à porta fechada, para evitar concentração de clientes e colaboradores no interior das mesmas. Os atendimentos serão feitos por ordem de chegada do cliente”, disse o banco público em resposta ao ECO.

Também haverá restrições no atendimento aos balcões do BPI e do Novo Banco. Neste último, as agências encerram à hora de almoço, entre as 12h00 e as 13h00, a partir de segunda-feira. E o acesso ao interior do balcão passa a estar limitado a cinco pessoas por 100 metros quadrados em simultâneo — o que acontecerá em todos os espaços que vão permanecer abertos durante o confinamento, de resto, como estipula o decreto do Governo.

No BPI, os balcões, centros premier, centros de empresas e balcão móvel operam como já estavam a operar: “Com acesso condicionado e atendimento individualizado”. O banco lembra que “em caso de absoluta necessidade de atendimento presencial, os clientes podem assinalar a sua presença e serão devidamente atendidos”.

No Facebook, o BCP assegurou que as agências “também estão abertas, cumprindo todas as regras de segurança”, apelando à utilização da app Millennium, o site ou o centro de contactos.

Os balcões do Santander “vão continuar a funcionar como até aqui, adotando as mesmas medidas que já vinham a ser implementadas e que nos permite continuar a atender com toda a segurança os clientes”, disse fonte oficial do banco.

(Notícia atualizada às 14h15 para acrescentar informação do Santander)

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Bancos continuam abertos no confinamento, mas têm novas regras de atendimento

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião