Morreram mais 159 pessoas por Covid-19, um recorde. Há 10.663 novos casos

Desde o início da pandemia o país soma 528.469 infetados e 8.543 mortes por Covid-19. Esta sexta-feira é o dia com mais mortes e o segundo dia com mais novos casos.

A Direção-Geral da Saúde (DGS) identificou 159 mortes por Covid-19 nas últimas 24 horas em Portugal, um novo máximo diário. O boletim epidemiológico desta sexta-feira dá ainda conta de 10.663 novos casos. Desde o início da pandemia o país soma 8.543 mortes e 528.469 infetados pelo novo coronavírus.

Já recuperaram da doença provocada pelo SARS-Cov-2 394.065 pessoas, mais 6.458 do que na última atualização do boletim. O número de recuperados não foi o suficiente para contrariar a subida dos casos ativos, no segundo dia com o maior aumento diário desde o início da pandemia.

Atualmente há 125.861 casos ativos, mais 4.046 que na quinta-feira. A maioria encontra-se a recuperar em casa, mas o número de pessoas internadas continua a aumentar, havendo ainda 4.560 hospitalizados, mais 192 que no dia anterior. Nos cuidados intensivos estão 622 pessoas, mais 11.

Boletim de 15 de janeiro

Lisboa e Vale do Tejo é a região que, nos últimos dias, tem tido maior número de novos casos. Esta sexta-feira foram mais 4.280. No Norte foram confirmados 3.295 novos casos, no Centro 2.041, no Alentejo 577, no Algarve 328, na Madeira 93 e nos Açores 49.

Foi também em Lisboa que morreram mais pessoas por Covid-19, mais precisamente, 65. Segue-se o Norte (35), Centro (34), Alentejo (15) e Algarve (10). Nas regiões autónomas não foram registados óbitos nas últimas 24 horas.

O boletim epidemiológico dá conta de mais 3.748 pessoas sob vigilância ativa das autoridades de saúde, depois de terem contactado com outro caso positivo. No total, estão 142.740 pessoas nesta situação.

O país entrou, esta sexta-feira, num novo confinamento geral até à 23h59 de 30 de janeiro, para tentar travar a propagação da Covid-19.

(Notícia atualizada às 14h55)

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Morreram mais 159 pessoas por Covid-19, um recorde. Há 10.663 novos casos

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião