Plataforma apoiada pela CMS assegura financiamento de 14 milhões de dólares

  • ADVOCATUS
  • 19 Janeiro 2021

A plataforma, que está a ser incubada por um trio de sociedades de advogados internacionais, incluindo a CMS, acaba de fechar uma ronda de financiamento de 14 milhões de dólares.

A Lupl, uma plataforma industrial aberta para assuntos jurídicos, completou uma ronda de financiamento de 14 milhões de dólares, elevando o seu financiamento global em mais de 25 milhões de dólares.

A plataforma, que está a ser incubada através do seu desenvolvimento por um trio de sociedades de advogados internacionais, CMS, Cooley e Rajah & Tann Asia, conta com o contributo de um conselho consultivo de 16 advogados internos líderes de multinacionais blue chip até às empresas de tecnologia de crescimento mais rápido do mundo. O grupo de testes mais vasto inclui Slaughter e May, Corrs Chambers Westgarth, Khaitan & Co e One Essex Court.

A Lupl está em testes beta desde março de 2020, apoiada por um grupo de escritórios de advocacia e empresas líderes. Ao todo, o grupo Lupl representa mais de 10.000 advogados em mais de 100 jurisdições. Neste momento, mais de 500 empresas em mais de 50 países estão atualmente representadas na sua lista de espera beta.

No que diz respeito a parcerias, mais de 100 outras parcerias industriais estão em curso como parte da visão da plataforma industrial aberta da Lupl, com tecnologia “bring your own system” que funciona com as ferramentas que os advogados já utilizam atualmente.

Estas parcerias abrangem ferramentas de comunicação e colaboração empresarial, sistemas de gestão de documentos, ferramentas de fixação de preços e de delimitação de âmbito, ferramentas e padrões de dados e de análise, e bibliotecas de conhecimento da indústria.

Já no campo das contratações, a Lupl reforçou a sua equipa de gestão, com Jeff Green a juntar-se como CEO e a trabalhar ao lado de Matt Pollins como CCO. Cheryl Wilson Griffin também se juntou à equipa de gestão como Chefe do Cliente. No final de 2021, a Lupl espera ter uma equipa de mais de 75 pessoas em todo o mundo.

Este é um investimento só possível numa grande estrutura internacional como a CMS, dado o volume de financiamento que o projeto requer por si mesmo, e que nos coloca numa posição única no mercado em termos digitais e tecnológicos. Sabemos que o presente, fruto do momento que vivemos, está a ser marcado por uma forte aposta nas tecnologias aplicadas à prestação de serviços jurídicos de excelência e à satisfação das mais elevadas exigências dos nossos clientes. É o caso do Lupl, que se trata de mais um marco no investimento por parte da CMS em tecnologia, cujo objetivo passa por continuar a prestar serviços de excelência, numa dinâmica global, a todos os seus clientes”, refere José Luís Arnaut, managing partner da CMS.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Plataforma apoiada pela CMS assegura financiamento de 14 milhões de dólares

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião