PSD pede “audição urgente” do CGI sobre processo de escolha de nova administração da RTP

  • Lusa
  • 19 Janeiro 2021

O PSD requereu uma "audição urgente" do Conselho Geral Independente sobre o processo de escolha do novo Conselho de Administração da RTP.

O PSD pediu esta terça-feira uma “audição urgente” do Conselho Geral Independente (CGI) sobre o processo de escolha do novo Conselho de Administração da RTP, disse à Lusa o deputado social-democrata Paulo Rios de Oliveira.

Ainda durante a manhã “o PSD requereu audição urgente do Conselho Geral Independente para falar do Conselho de Administração da RTP”, disse o deputado, adiantando que o requerimento deverá ser votado na próxima reunião da comissão de Cultura e Comunicação.

Na segunda-feira, o CGI anunciou que vai “iniciar em breve” o recrutamento da administração da RTP, através de anúncio público para procura e seleção prévia de eventuais candidatos, que poderão apresentar as suas manifestações de interesse. “O CGI é soberano na forma como pode escolher o Conselho de Administração da RTP, ou seja, poderá recorrer aos instrumentos que entender recorrer, a lei não estabelece que o faça por concurso público”, disse Nuno Artur Silva, durante a sua audição esta terça-feira na comissão parlamentar de Cultura e Comunicação, no âmbito de um requerimento do PSD sobre a revisão do contrato de concessão do serviço público de rádio e de televisão.

“Aliás, não o fez anteriormente e, se assim o entender, poderá não o fazer agora. Portanto, em relação a isso, o processo de escolha é compatível com aquilo que diz a lei”, acrescentou o governante.

Entre as competências do CGI está o de escolher os membros do Conselho de Administração (CA) da RTP, “de acordo com um projeto estratégico para a sociedade proposto por estes, estando a designação do membro responsável pela área financeira sujeita a parecer prévio e vinculativo do membro do Governo responsável pela área das finanças”, segundo a lei. “Julgo que o CGI poderá ele próprio esclarecer melhor a forma como vai escolher o próximo Conselho de Administração”, acrescentou Nuno Artur Silva.

Em comunicado na segunda-feira, o CGI refere que “terminado o mandato dos atuais membros” da administração, “decidiu promover, com a assessoria técnica de uma empresa especializada no recrutamento para cargos executivos, uma procura e seleção prévia de eventuais candidatos, que poderão apresentar as suas manifestações de interesse, juntando uma versão preliminar do projeto estratégico que propõem para a sociedade para 2021-2023”.

Numa primeira fase, “a iniciar em breve, mediante anúncio público, procede-se à escolha, em conjunto, do presidente e de um dos vogais do CA, sendo um deles responsável pelos conteúdos”, adianta o CGI.

Na segunda fase, proceder-se-á “à escolha do vogal responsável pela área financeira, que está sujeita a parecer prévio e vinculativo do membro do Governo responsável pela área das finanças”, conclui a mesma fonte.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

PSD pede “audição urgente” do CGI sobre processo de escolha de nova administração da RTP

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião