Proibir aulas virtuais no privado é “medida totalitária”. É “a esquerda no seu pior”, diz Rui Rio

O líder social-democrata condena a decisão do Governo de proibir o ensino privado de lecionar virtualmente. Rui Rio fala numa "medida totalitária de perfil marxista".

Esta sexta-feira os alunos estão em casa, depois de o Governo ter decidido fechar por 15 dias as escolas, na sequência do aumento de casos de infeção. Mas a ideia é antecipar as férias do Carnaval e da Páscoa, não havendo, assim, aulas virtuais. Para o presidente do PSD, não permitir aulas à distância no privado é uma “medida totalitária de perfil marxista” e que em nada defende o interesse público.

“A proibição de aulas digitais no ensino privado é uma medida totalitária de perfil marxista. Ela nada tem a ver com a defesa do interesse público, muito menos com a defesa da saúde pública. É a esquerda no seu pior“, escreveu Rui Rio, no Twitter.

Inicialmente, o Governo decidiu não encerrar as escolas, por não querer comprometer novamente o ano letivo dos alunos, tal como aconteceu no primeiro confinamento, em março do ano passado. Contudo, depois de várias críticas e pressões, o Executivo voltou atrás e, esta quinta-feira, decretou o encerramento das instituições de ensino por 15 dias. Uma paragem válida tanto para o ensino público como para o privado.

Rui Rio foi uma das vozes que apelou ao encerramento das escolas. “Faço-lhe um apelo público para que determine o encerramento das escolas a partir de amanhã”, escreveu o social-democrata esta quarta-feira no Twitter, na véspera de o Governo decidir fechar as instituições de ensino.

Mas, mesmo depois de o Governo voltar atrás na decisão inicial, Rui Rio teceu ainda várias críticas ao Executivo, afirmando que este só tinha cedido por “pressão da opinião pública”. “O Governo entendeu não o fazer. Fiquei admirando na altura. Agora voltou atrás (…). Já percebemos porque não fechou as escolas e só o fez agora com a pressão da opinião pública. Não o fez porque tinha consciência de que não estava preparado para o fazer. Isto tem de ser dito”, disse o presidente do PSD, em conferência de imprensa.

(Notícia atualizada às 15h33 com mais informação)

Apoie o jornalismo económico independente. Contribua

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso. O acesso às notícias do ECO é (ainda) livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo rigoroso e credível, mas não só. É continuar a informar apesar do confinamento, é continuar a escrutinar as decisões políticas quando tudo parece descontrolado.

Introduza um valor

Valor mínimo 5€. Após confirmação será gerada uma referência Multibanco.

Comentários ({{ total }})

Proibir aulas virtuais no privado é “medida totalitária”. É “a esquerda no seu pior”, diz Rui Rio

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião