Vera Pinto Pereira nomeada presidente da Fundação EDP

  • Lusa
  • 29 Janeiro 2021

O mandato da nova presidente tem duração prevista até ao final de 2022. Fundação EDP confirma que na equipa vão manter-se, como vogais, Miguel Coutinho e José Manuel dos Santos.

A gestora Vera Pinto Pereira foi nomeada presidente do conselho de administração da Fundação EDP, em substituição de António Mexia, revelou esta sexta-feira à agência Lusa fonte da entidade. Vera Pinto Pereira, membro do conselho de administração executivo da EDP desde 2018, era membro não executivo da administração da Fundação EDP desde o mesmo ano e assume agora a liderança da entidade.

Na equipa vão manter-se, como vogais, Miguel Coutinho e José Manuel dos Santos, segundo um comunicado enviado à Lusa.

Esta nomeação para presidente da Fundação EDP foi feita pelo conselho de administração executivo da EDP, após consulta ao Conselho Geral e de Supervisão da EDP e depois aprovada pelos acionistas.

O mandato de Vera Pinto Pereira como presidente da Fundação EDP tem duração prevista até ao final de 2022.

“É com muito entusiasmo que aceito este compromisso de liderar a Fundação EDP e de reforçar a missão social que tem aproximado a instituição das suas comunidades “, afirma Vera Pinto Pereira citada no comunicado.

O mesmo texto adianta que a entidade irá “continuar a investir em projetos de cariz social, cultural e científico, com o foco, cada vez mais, na inclusão e melhoria da qualidade de vida dos portugueses”.

A Fundação EDP é uma instituição de direito privado, sem fins lucrativos, com estatuto de utilidade pública, criada em 2004 pela EDP.

Tem como missões o apoio e dinamização de projetos na área social, nomeadamente sobre inclusão, na cultura, na gestão do Museu de Arte, Arquitetura e Tecnologia (MAAT), e ainda no campo da ciência, com o apoio a projetos de investigação e de divulgação do conhecimento.

Nascida em 1974, Vera Pinto Pereira é licenciada em Economia pela Universidade Nova de Lisboa, fez um MBA no Instituto Europeu de Administração de Empresas (INSEAD), em Fontainebleau, França, e iniciou a carreira profissional como associada da Mercer Management Consulting (atual Oliver Wyman) entre 1996 e 1999. Entre 2001 e 2003, foi sócia fundadora da Innovagency Consulting.

Em 2003, passou para a TV Cabo Portugal (atual NOS) onde começou por ser diretora de Marketing Estratégico, tendo em maio de 2004 assumido a função de diretora do Serviço de TV.

Transitou para a Portugal Telecom em 2007, onde assumiu o cargo de diretora do Serviço de TV da MEO e, entre janeiro de 2014 e março de 2018, assumiu a função de vice-presidente executiva da Fox Networks Groups e diretora-geral para a Península Ibérica.

Em abril de 2018 foi eleita para membro do conselho de administração executivo da EDP, onde assumiu funções como presidente da EDP Comercial e da EDP Soluções Comerciais, bem como membro do conselho da EDP España, da EDP Renováveis e da Fundação EDP.

É membro da direção do Instituto Português de Corporate Governance desde junho de 2019 e da direção da Charge Up Europe desde setembro de 2020.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Vera Pinto Pereira nomeada presidente da Fundação EDP

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião