BPI vende carteira de malparado de 300 milhões

  • ECO
  • 1 Fevereiro 2021

Banco liderado por João Pedro Oliveira e Costa alienou uma carteira de cerca de 30 mil créditos com o valor bruto de 300 milhões de euros ao fundo LX Partners.

O BPI vendeu uma carteira de crédito malparado com o valor bruto total de cerca de 300 milhões de euros ao fundo LX Partners, avança o Jornal de Negócios citando dados da Debtwire (link indisponível).

O banco liderado por João Pedro Oliveira e Costa adiantou ao jornal que foram cedidos cerca de 30.000 contratos de créditos nesta operação que foi fechada no passado dia 27, isto quando se prepara para apresentar os resultados relativos a 2020 na próxima quinta-feira.

Os bancos têm vindo a acelerar a limpeza dos seus balanços com vendas de ativos tóxicos, depois de a pandemia ter travado muitos processos de venda no ano passado. Como o ECO avançou, a banca colocou cerca de 2.000 milhões de malparado e imóveis à venda no final de 2020. Recentemente, um conjunto de bancos fechou a venda de um lote de 4.400 casas aos fundos Tikehau e Albatross por cerca 320 milhões.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

BPI vende carteira de malparado de 300 milhões

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião