Quer fazer um teste rápido? Este site diz-lhe onde ir e quanto custa

Projeto em part-time de casal já conta com 62 postos onde pode realizar o teste. Em Lisboa e Porto pode pedir testes ao domicílio, com um custo de 35 euros.

Nasceu um site que quer ajudar a combater a pandemia da Covid-19. Da autoria de João Monteiro, a página covidtesterapido.pt permite saber onde realizar o teste, e até saber o seu preço.

Em conversa com o ECO, João Monteiro, que trabalha atualmente na Farfetch, conta que foi por causa dos treinos de rugby que a ideia surgiu. “Só podemos jogar [rugby] se testarmos [todos os jogadores]… Então porque não se faz uma testagem em massa?”.

Em conversa com a esposa, que é médica, chegaram à conclusão que os testes são a melhor “forma de ajudar a controlar a pandemia”. Pouco tempo depois, puseram mãos à obra e nasceu o site, um projeto em part-time do casal, com o objetivo de “dar às pessoas acesso à informação”.

Como funciona?

O utilizador acede ao site e pode marcar o seu teste num dos postos disponíveis para o efeito. É só selecionar no mapa o distrito, e depois a zona onde deseja realizar. Aparece-lhe o preço, depois, um botão para “fazer a marcação”.

“Quando faz a marcação no posto (laboratório, clínica, farmácia, etc…), nós confirmamos [com o posto] e depois, se tiverem disponibilidade, confirmamos à pessoa que dá na hora marcada”, explica o também ex-professor do IPAM.

Atualmente, há 62 postos disponíveis, do setor privado, entre a região de Lisboa e Vale do Tejo e o Norte do país. “Neste momento estamos a fechar uma parceria de testes ao domicílio no Algarve”, conta, mas o objetivo é que haja parceiros em todo o país.

Nas cidades de Lisboa e do Porto é também possível marcar o teste ao domicílio, tendo o preço de 35 euros por teste. É uma forma de “diminuir o grau de exposição ao vírus” e, feita a marcação, a realização do teste será feita nas 48 horas seguintes.

Além dos cidadãos, também as empresas poderão entrar em contacto, para fazer a marcação de testes para os seus trabalhadores.

Que tipo de teste é feito?

São os chamados testes antigénio, ou rápidos. “É um teste de reação e não um teste laboratorial, mas tem também a zaragatoa”. Aprovado pela DGS, este teste tem uma sensibilidade elevada, acima dos 90%.

Com resultados entre 15 a 20 minutos, os testes antigénio podem ser uma ferramenta eficaz para encontrar novos casos. Ainda assim, João Monteiro explica que alguns dos parceiros podem pedir “até quatro horas para divulgar os resultados, para terem tempo de inserir os dados no sistema”.

João Monteiro lembra que, atualmente, há um grande volume de testes a serem feitos, quer testes laboratoriais, quer testes de antigénio, devido à gravidade da situação pandémica vivida. Por isso, os parceiros “começam a estar muito sobrecarregados”, o que pode também acontecer no site, isto é “haver menos laboratórios com vagas”. “Mas nós acreditamos que quanto mais laboratórios [parceiros] tivermos, mais vagas haverá”, conclui.

Além desta página, também a Cruz Vermelha Portuguesa tem um site que permite a marcação online de testes antigénio ou PCR. Os preços dos testes na Cruz Vermelha variam entre os 20 e os 65 euros.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Quer fazer um teste rápido? Este site diz-lhe onde ir e quanto custa

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião