Manuel Pinho quer falar sobre suspeitas no âmbito do processo EDP

  • ECO
  • 11 Fevereiro 2021

O advogado de defesa acredita que o ex-ministro da Economia será chamado para interrogatório durante o mês de abril.

O ex-ministro da Economia, Manuel Pinho, quer prestar declarações no âmbito do processo EDP, no qual é arguido por suspeitas de corrupção desde o verão de 2017. A defesa acredita que Manuel Pinho será chamado para interrogatório durante o mês de abril, avança o Correio da Manhã (acesso pago).

O Ministério Público suspeita que Manuel Pinho recebeu um milhão de euros em subornos, entre 2006 e 2012, de uma empresa do Grupo Espírito Santo. O estatuto de arguido tinha ser retirado pelo juiz Ivo Rosa, mas o Tribunal Constitucional veio validar a decisão do Tribunal da Relação de Lisboa, que anulou o despacho do juiz.

O Tribunal Constitucional entendeu que é constitucional o entendimento de que o juiz de instrução não pode anular, na fase de inquérito, o ato de constituição de arguido. De acordo com o advogado Ricardo Sá Fernandes, o arguido sente-se desiludido”. “Agora é virar a página e prepararmo-nos para o interrogatório”, acrescentou.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Manuel Pinho quer falar sobre suspeitas no âmbito do processo EDP

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião