Já pensou no Spotify como ferramenta de atração de talento?

Criar uma lista de músicas dirigida ao candidato pode contribuir para aumentar a taxa de resposta, diz a plataforma de recrutamento Match.hr.

Os processos de seleção e recrutamento são cada vez mais criativos. Para os especialistas em atração de talento, qualquer nova plataforma ou rede que se revele uma tendência pode ser utilizada para encontrar e atrair candidatos. É o caso do Spotify, que oferece a possibilidade de criar listas de músicas pessoais e personalizadas, que podem ser dirigidas aos candidatos e a determinado processo de recrutamento.

A ideia sugerida pela plataforma Match.hr, desenvolvida em colaboração com o Cambridge Psychometric Centre, é que, depois de uma conta criada na plataforma de música, a empresa crie uma lista de reprodução para o seu candidato, à qual pode, por exemplo, dar o nome de “Junte-se à equipa”, “Queremos contar consigo” ou, diretamente, “Estamos à procura de um programador”.

Com o nome escolhido, a ideia é que procure músicas que tenham como título palavras que fazem parte da mensagem que quer transmitir. Ou seja, lendo os títulos das canções que compõe a lista, o candidato consegue perceber a mensagem.

Ainda que esta possa não ser a melhor estratégia para uma primeira abordagem, a Match.hr considera-a excelente para “quebrar o gelo”, recomendado que seja usada num terceiro ou quarto ponto de contacto com o candidato, em que, na mensagem enviada, conste o link da lista de reprodução.

“Com base na nossa experiência, esta abordagem consegue melhorar a taxa de resposta em 15%“, diz a empresa. “As pessoas gostam quando os recrutadores as tratam como humanos e não apenas como robôs ou trabalhadores”, acrescenta, salientando que, às vezes, uma pequena surpresa menos convencional num processo de recrutamento faz toda a diferença.

Percorra a galeria e veja algumas mensagens de feedback recebidas perante esta abordagem através do Spotify:

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Já pensou no Spotify como ferramenta de atração de talento?

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião