Britânicos lideram na compra de casas em resorts no Algarve

No segundo semestre de 2020, os britânicos foram a nacionalidade que mais transações fechou. Em Albufeira-Loulé, o valor médio do metro quadrado ficou nos 6.600 euros.

Num ano marcado pela pandemia, e quando as visitas de estrangeiros caíram, os investidores britânicos continuaram ativos em território nacional, especialmente no Algarve. De acordo com um estudo sobre o mercado de resorts no país, os compradores do Reino Unido lideraram na procura por casas localizadas em resorts naquela região, sobretudo na zona de Albufeira-Loulé.

Durante o segundo semestre de 2020, os britânicos foram responsáveis por 56% das aquisições internacionais em Albufeira-Loulé e por 35% das aquisições no Barlavento, indica o estudo realizado pela Confidencial Imobiliário em parceria com a Associação Portuguesa de Resorts (APR). Estes números tornam os britânicos na nacionalidade que mais investiu em imóveis localizados em resorts no Algarve.

Analisando as nacionalidades que mais investem, o período entre julho e dezembro fez regressar outros compradores europeus, “alguns dos quais ausentes no semestre anterior”: irlandeses, holandeses e alemães. “Este movimento fez com que a Europa seja para o turismo residencial português o mercado de origem dominante em todas as regiões, com pesos de mais de 90% no Algarve e de 66% na região de Lisboa”, diz o estudo.

Oferta nacional com preço médio de 4.273 euros por metro quadrado

O preço dos imóveis localizados em empreendimentos de turismo residencial em território nacional recuperou no segundo semestre de 2020, aumentando 5,8% em termos semestrais, mostram os resultados do Resorts House Price Index, citados pelo estudo.

O valor médio da oferta de resorts em todo o país foi de 4.273 euros por metro quadrado no segundo semestre, abaixo dos 4.513 euros por metro quadrado observados no semestre anterior, que foi o valor mais alto desde 2016. Já no segmento mais alto, que representa 95% da oferta total, “o comportamento é idêntico”, com o metro quadrado a custar, em média, 8.014 euros, abaixo dos 8.516 euros do primeiro semestre.

Já no Algarve, na zona Albufeira-Loulé (quase 50% da oferta), o valor médio manteve-se estável entre os dois semestres, atingindo 5.325 euros por metro quadrado. Já na gama mais alta, o valor da oferta neste eixo recuou de 9.768 euros por metro quadrado para 9.209 euros. “Esta zona continua a destacar-se bastante das restantes, situando o seu valor médio de oferta nos resorts entre 40% a 62% acima” dos restantes. Aqui, os britânicos investiram, em média, 6.600 euros por metro quadrado.

“Em termos homólogos, e em resultado da recuperação em cadeia dos dois últimos semestres, a variação dos preços em resorts voltou a terreno positivo no final de 2020, registando-se uma valorização de 5,3% face ao final de 2019“, diz o estudo.

Operadores mais confiantes no final do ano

No que diz respeito à confiança dos operadores do turismo residencial para este ano, as expectativas “melhoraram no segundo semestre, depois de no primeiro semestre se mostrarem negativas pela primeira vez” desde 2017, refere o mesmo estudo. Contudo, “a evolução antecipada para os preços é agora mais contida, com os operadores a anteverem uma subida em 2021 de apenas 0,4%”.

Em termos de vendas, as expectativas também melhoraram, embora “a confiança não esteja imune à pandemia”. Além disso, “quer as expectativas de preços, quer de vendas, ficam bastante abaixo das manifestadas um ano antes”. Apesar disso, há um “consenso que o ritmo de crescimento das vendas depende do regresso das viagens, especialmente das oriundas do Reino Unido”.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Britânicos lideram na compra de casas em resorts no Algarve

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião