Logoplaste vendida a fundo de pensões dos professores do Canadá

  • ECO
  • 26 Fevereiro 2021

O grupo Carlyle já terá fechado acordo com o Ontario Teachers’ Pension Plan para a venda da participação de 60% no capital da Logoplaste.

A posição de 60% do grupo Carlyle no capital da portuguesa Logoplaste será vendida ao Ontario Teachers’ Pension Plan (OTPP), um fundo de pensões dos professores do Canadá, de acordo com a Bloomberg, citada pelo Jornal de Negócios. As partes terão já chegado a acordo mas os termos do negócio não foram revelados.

O grupo Carlyle entrou na Logoplaste em 2016 com um investimento de cerca de 400 milhões de euros, valor que poderá agora duplicar com esta venda. O El Economista dava o negócio como fechado há umas horas. O fundo canadiano terá feito a maior oferta pela empresa de embalagens plásticas, que a avalia em mais de 1.000 milhões de euros.

Apesar de não serem conhecidos os valores exatos, a imprensa adiantava já que as propostas finais apresentadas este mês avaliavam a Logoplaste em cerca de 1,4 mil milhões de euros. Na corrida para adquirir uma participação na empresa portuguesa, coordenada pelos bancos de investimento Goldman Sachs e Barclays, estavam também fundos internacionais como a BC Partners, Apax ou Stonepeak Infrastructure Partners.

Filipe de Botton e Alexandre Relvas, co-presidentes executivos durante duas décadas, vão ficar com os restantes 40% do capital da empresa portuguesa de fabrico de embalagens plásticas. O Expresso adiantava já na semana passada que a dupla ia ficar na Logoplaste, que detém mais de 60 fábricas em 16 países.

De acordo com a Bloomberg, a Logoplaste foi assessorada nesta operação pelo Barclays Bank, Goldman Sachs International e Linklaters, enquanto a Vieira de Almeida & Associados assessorou Filipe de Botton e Alexandre Relvas. O Credit Suisse International foi o banco que trabalhou com o fundo canadiano.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Logoplaste vendida a fundo de pensões dos professores do Canadá

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião