Augusto Martinez Reyes é o novo CEO da Teleperformance Portugal

  • Pessoas
  • 15 Março 2021

Com João Cardoso a assumir a liderança da Teleperformance França, Itália e Alemanha e ainda dos mercados de língua francesa, Augusto Martinez Reyes é o novo responsável pelo mercado português.

Augusto Martinez Reyes, novo CEO da Teleperformance Portugal.D.R.

O argentino Augusto Martinez Reyes é o novo CEO da Teleperformance Portugal. Sucede a João Cardoso que assume a liderança da Teleperformance França, Itália e Alemanha e ainda dos mercados de língua francesa.

No grupo há 16 anos, Augusto Martinez Reyes assume o cargo de CEO, que ocupava em Espanha desde janeiro de 2018. Em Espanha desde 2015, foi inicialmente Chief Operations Officer (COO). Anteriormente, passou por mercados como o Chile e a Argentina.

Augusto Martinez Reyes ingressou na Teleperformance em 2005 como responsável pelo atendimento ao cliente na Argentina. Com anos consecutivos de sucessos foi assumindo diversas funções na área financeira e gestão de recursos humanos. Em 2012 foi nomeado CEO da Teleperformance Chile, função que lhe permitiu aumentar a estrutura e transformar a empresa num negócio rentável.

No mercado português há 26 anos, a Teleperformance Portugal é uma das maiores empresas a operar no mercado nacional, com 12 business centres em quatro cidades e mais de 11 mil colaboradores de 97 nacionalidades.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Augusto Martinez Reyes é o novo CEO da Teleperformance Portugal

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião