Pandemia tirou 95% dos passageiros à TAP em fevereiro

A TAP transportou 56.487 passageiros em fevereiro, menos 95% do que em fevereiro de 2020. Impacto da pandemia arrasou restantes companhias aéreas.

O setor do turismo continua a ser dos mais prejudicados pela pandemia e isso é notório pelos números que têm vindo a ser conhecidos. No que diz respeito ao tráfego aéreo, a TAP ficou entre as companhias mais afetadas pelo confinamento, tendo perdido mais de 95% dos passageiros quando comparado com o ano passado, de acordo com dados da Autoridade Nacional da Aviação Civil (ANAC). Ryanair e Lufthansa foram as mais afetadas.

No segundo mês deste ano, que foi apanhado pelo novo confinamento, a companhia aérea nacional transportou 56.487 de passageiros, menos 77,7% quando comparado com janeiro e menos 95,1% quando comparado com fevereiro de 2020, revela o relatório mensal da ANAC.

A TAP foi, assim, a empresa que transportou mais passageiros, mas foi também a segunda companhia que mais pessoas perdeu, ficando apenas atrás da Ryanair, que transportou 27.382 passageiros (-95,8%).

Entre as companhias aéreas que mais passageiros perderam destacam-se ainda a Lufthansa (4.232 pessoas, -94,6%), a Air Europa (3.425, -92%) e a easyJet (22.933, -90,5%).

Numa análise mais abrangente, em fevereiro, os aeroportos nacionais movimentaram menos 94,2% de passageiros, tendo o aeroporto de Lisboa sido aquele que mais pessoas recebeu: 123.136, menos 94,2% do que em fevereiro de 2019.

Atrás aparecem o aeroporto do Porto com 60.149 pessoas, menos 93,2% de passageiros e o aeroporto de Faro com 8.612, menos 97,2%. Ou seja, este foi o aeroporto que mais pessoas perdeu.

Leia na íntegra o relatório da ANAC

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Pandemia tirou 95% dos passageiros à TAP em fevereiro

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião