B&B Hotel Lisboa Aeroporto vendido a fundo francês por 14 milhões

  • Lusa
  • 26 Março 2021

Esta operação encaixa-se na estratégia do Grupo B&B Hotels, que vai continuar no edifício como arrendatária. Negócio foi fechado com fundo francês MNK Partners.

A cadeia hoteleira B&B Hotels anunciou esta sexta-feira que vendeu o B&B Hotel Lisboa Aeroporto, localizado junto ao aeroporto Humberto Delgado, em Lisboa, ao fundo francês MNK Partners por 14 milhões de euros.

O B&B Hotel Lisboa Aeroporto foi construído pelo Grupo Casais, e promovido e financiado pela B&B Hotels com o objetivo de o vender e alugar em simultâneo a um fundo imobiliário através de um contrato de arrendamento garantido a longo prazo, explica o grupo hoteleiro em comunicado.

Com a venda deste hotel, a B&B Hotels “desvia 100% dos seus ativos imobiliários em Portugal”, consolidando o seu modelo de negócio ‘asset light’ na Península Ibérica, “chave para manter as suas fortes taxas de crescimento”. Além disso, também se consolida como um dos inquilinos mais “atraentes e solventes” para a valorização de ativos hoteleiros, de ativos familiares e todos os tipos de fundos imobiliários, lê-se no comunicado.

O grupo hoteleiro, que foi adquirido em 2019 pela Goldman Sachs juntamente com a sua equipa de gestão, conta com 37 hotéis abertos em Espanha e cinco em Portugal, todos em regime de arrendamento de longa duração. Deste modo, a cadeia hoteleira assegura o desenvolvimento de novos projetos em estreita colaboração com fundos especializados no investimento imobiliário, que veem nesta estrutura de investimento um “perfil muito atrativo” ao nível do risco assumido e da rentabilidade esperada.

A presidente executiva da B&B Hotels para a Espanha e Portugal, Lucía Méndez-Bonito, comentando a transação, afirmou que “a venda dos hotéis com aluguer garantido de longa duração é uma operação estratégica para a B&B Hotels, uma vez que permitem aligeirar o equilíbrio em Espanha e Portugal de forma a manter um forte ritmo de crescimento no futuro em toda a Península Ibérica”.

E prosseguiu: “Atualmente contamos com um amplo número de projetos em curso e continuamos a procurar oportunidades para seguir o nosso crescimento sustentado em toda a região com o propósito de ampliar a nossa rede com 10 hotéis em Portugal em 2021”. “Espanha e Portugal são dois mercados-chave para o desenvolvimento do grupo B&B Hotels na nossa ambição por continuar a ser o líder indiscutível dos hotéis económicos”, salientou a gestora.

A cadeia hoteleira B&B Hotels tem atualmente cinco hotéis abertos em Portugal, que estão localizados nas regiões de Coimbra, Braga, Felgueiras, Setúbal e Lisboa, sendo que prevê “anunciar mais cinco hotéis ainda este ano”, disse Torcato Faria, responsável da empresa em Portugal. O B&B Hotel Lisboa Aeroporto, localizado junto ao aeroporto da capital portuguesa, é uma unidade com 188 quartos duplos e familiares.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

B&B Hotel Lisboa Aeroporto vendido a fundo francês por 14 milhões

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião