Pingo Doce dá vales para ajudar a reabertura da restauração

Pingo Doce vai distribuir 400 mil vales de 5 euros em compras superiores a 50 euros. Cliente é que decide qual o restaurante ou café a quem dar o vale para depois gastar no Recheio.

O Pingo Doce e o Recheio vão apoiar a reabertura da restauração com dois milhões de euros em vales de compras, indica a empresa em comunicado. Campanha que decorre entre 20 e 25 de abril (que coincide com o início da reabertura da restauração) vai juntar consumidores, restaurantes e as lojas do grupo Jerónimo Martins.

Segundo a nota divulgada esta quinta-feira, a iniciativa “consiste na distribuição de 400 mil vales de 5 euros” aos clientes do Pingo Doce que façam compras superiores a 50 euros. Por sua vez, os clientes poderão oferecer o vale “aos restaurantes ou cafés que querem ajudar, para que os utilizem em compras no Recheio”.

“Fizemos questão de envolver os nossos clientes, criando um movimento circular em que as próprias pessoas escolhem o restaurante ou café que querem ajudar”, explica Isabel Ferreira Pinto, diretora-geral do Pingo Doce, no comunicado.

Para Nuno Begonha, diretor-geral do Recheio, “a restauração precisa de todos nós” e o Recheio quer ajudar. “Nesta nova fase em que os nossos clientes reabrem portas, estamos, uma vez mais, ao seu lado, apoiando e contribuindo para acelerar a retoma dos seus negócios”, refere, citado no comunicado.

A iniciativa tem como mote “Unidos pela restauração” e apela à mobilização de todos numa altura em que os cafés e restaurantes vão poder receber novamente clientes no interior dos seus espaços. Assim é esperado, de acordo com o plano de desconfinamento apresentado há cerca de um mês. Porém, há uma possibilidade de o desconfinamento parar em algumas zonas do país.

Esta quinta-feira há Conselho de Ministros e o Governo vai decidir se Portugal tem condições para dar mais um passo no plano de desconfinamento. Caso haja “luz verde” por parte do Executivo de António Costa, então a parte interior dos restaurantes reabre, à semelhança do que já tinha acontecido com as esplanadas na semana passada.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Pingo Doce dá vales para ajudar a reabertura da restauração

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião