Risco de formação de coágulos com vacina da Astra é muito semelhante ao das vacinas da Pfizer e Moderna

Estudo da Universidade de Oxford revela que ainda o risco de ter um coágulo sanguíneo é cerca de 95 vezes superior para pessoas que contraíram a Covid-19 em comparação com a população em geral. 

Um estudo realizado por investigadores da Universidade de Oxford revela que os riscos de ocorrência de coágulos sanguíneos raros em pessoas que receberam a vacina da AstraZeneca é muito semelhante aos riscos com a toma da vacina da Pfizer ou da Moderna, segundo a CBS News (acesso livre, conteúdo em inglês).

Segundo esta investigação, o número de pessoas que desenvolveram coágulos sanguíneos após receber as vacinas fabricadas pelas gigantes farmacêuticas norte-americanas é muito semelhante ao número de pessoas que contrariam esta “condição rara” com a toma da vacina da AstraZeneca.

Estas conclusões chegam cerca de uma semana depois de a Agência Europeia do Medicamento (EMA) ter admitido que há uma possível relação entre a formação de coágulos sanguíneos e a administração da vacina da AstraZeneca, sublinhando, no entanto que os casos são muito raros e que “os benefícios continuam a superar os riscos”. Também a vacina da Janssen está a ser investigada devido ao risco de coagulação.

Os dados demonstram que cerca de 4 em cada um milhão de pessoas que receberam as vacinas americanas sofrem trombose venosa cerebral (TVC) ou coágulos sanguíneos no cérebro. Ao passo que com a vacina da AstraZeneca, o estudo mostrou uma taxa de incidência de cerca de cinco casos por cada um milhão de pessoas.

Ao mesmo tempo, este estudo, que ainda não foi sujeito a revisão por parte de outros cientistas, aponta que o risco de ter um coágulo sanguíneo no cérebro é cerca de 95 vezes superior para pessoas que contraíram o novo coronavírus em comparação com a população em geral.

Isto significa que o risco de sofrer de trombose venosa cerebral é 10 vezes maior para pessoas que foram infetadas por Covid-19 do que as que receberam as vacinas da Pfizer ou da Moderna e oito vezes superior para as pessoas que receberam a vacina da farmacêutica anglo-sueca AstraZeneca.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Risco de formação de coágulos com vacina da Astra é muito semelhante ao das vacinas da Pfizer e Moderna

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião