Na corrida aos elétricos, estas são as marcas preferidas dos portugueses

A Tesla continua a brilhar nos 100% elétricos, graças ao Model 3. No top das vendas, a Peugeot bate a Nissan, enquanto os ID da VW fazem frente aos modelos da Renault.

Automóveis com motor a combustão continuam a liderar as vendas, mas os eletrificados já são responsáveis por uma importante “fatia” do mercado português. Há um grande apetite por híbridos, enquanto os 100% elétricos levantaram o pé do acelerador. Entre estes, Tesla é a líder nos primeiros três meses deste ano.

Num mercado castigado pela pandemia, que fez encolher as vendas em quase um terço comparativamente ao arranque do ano passado, quando chegou a Covid-19 a Portugal, os híbridos plug-in têm brilhado. Com as regras a mudarem, acabando-se a borla fiscal, assistiu-se, a um aumento de mais de 60% nas vendas, reduzindo-se o apetite pelos elétricos puros.

De acordo com dados da Associação Automóvel de Portugal (ACAP), as vendas dos 100% elétricos encolheram mais de 40%, isto apesar dos apoios do Fundo Ambiental. Há 700 “cheques” de 3.000 euros, cada, para ajudar os particulares a comprarem automóveis elétricos.

E quais os elétricos que os portugueses preferem? Apesar de ser das marcas cujos modelos são mais caros, a Tesla continua a liderar a tabela de vendas em Portugal, com 317 unidades comercializadas até março. Muito do sucesso da Tesla assenta no Model 3, o modelo mais barato da fabricante liderada por Elon Musk.

A Tesla foi a primeira marca a destronar a Nissan nas vendas de elétricos em Portugal, mas agora à frente da empresa nipónica, que vendeu 140 unidades este ano, está a Peugeot. Modelos como o 208 ou o 2008 elétricos estão a ter maior sucesso junto dos consumidores nacionais que o Leaf da Nissan.

A Volkswagen segue de perto a Nissan, beneficiando do ID.3, numa altura em que está a chegar o ID.4, conseguindo vender mais do que a Renault, que tem no Zoe a sua grande aposta. Agora, a marca poderá conseguir um novo impulso com o Twingo Electric, o elétrico mais barato À venda no mercado nacional, com um preço ligeiramente acima dos 22 mil euros.

Veja o ranking das vendas de elétricos em Portugal:

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Na corrida aos elétricos, estas são as marcas preferidas dos portugueses

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião