“Comissão de acompanhamento do PRR deve poder travar projetos”, diz Costa Silva

  • ECO
  • 21 Abril 2021

Depois de ter elaborado a visão estratégica do plano de recuperação, António Costa Silva foi convidado pelo primeiro-ministro para ser o presidente da comissão de acompanhamento do PRR.

António Costa Silva vai ser o presidente da comissão de acompanhamento do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) e espera ter poderes para conseguir travar projetos, se necessário. Além disso, “pode haver projetos que são executados, depois faz-se o balanço e podem ser corrigidos”, admite, exigindo que seja feita uma avaliação de custo-benefício de cada benefício.

Para o autor da visão estratégica que antecedeu o plano é necessário “descobrir modelos que assegurem a participação dos cidadãos, dos interlocutores, dos atores, na execução destes programas“. Em entrevista ao Jornal de Negócios, o gestor diz que é preciso deixar as “lutas partidárias” de lado e contribuir para um consenso nacional na execução deste plano, garantindo que será “completamente independente”, inclusive do Governo.

Ao seu lado, na comissão de acompanhamento, terá outros independentes da sociedade civil, mas Costa Silva não revela quem serão ou quem os irá escolher, ainda que tenha o objetivo de promover a pluralidade. “Era muito importante na execução de um programa destes, que é um programa nacional, que interessa ao país todo, refletir o pluralismo das opiniões, chegar a um consenso, a um compromisso“, afirma. Garantindo que “ninguém é dono da verdade”, o gestor quer fazer parte do esforço de “fazer funcionar o país também de baixo para cima”.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

“Comissão de acompanhamento do PRR deve poder travar projetos”, diz Costa Silva

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião