Costa avisa que restrições vão continuar mesmo sem estado de emergência

Primeiro-ministro alerta que mesmo sem estado de emergência as restrições vão continuar até Portugal atingir a imunidade de grupo.

Marcelo Rebelo de Sousa já mostrou o desejo que o atual estado de emergência fosse o último. O primeiro-ministro, António Costa, avisa que mesmo sem estado de emergência as restrições vão continuar até Portugal atingir a imunidade de grupo.

“Deixar de haver estado de emergência não quer dizer que deixe de existir restrições, o estado de emergência é só aquilo que nos permite ter restrições mais intrusivas na vida pessoal das pessoas, mas seguramente não vamos voltar à normalidade da vida enquanto não tivermos atingido a imunidade de grupo e ainda temos muito que andar nesse sentido”, alerta Costa em declarações ao jornalistas em Andorra.

António Costa lembra ainda que a eventual renovação do estado de emergência “é uma decisão que cabe ao Presidente da República”. Marcelo Rebelo de Sousa disse que se impõe “acautelar” os próximos passos, entendendo que há razões para prolongar o estado de emergência por mais 15 dias, “nos mesmos termos da última renovação”.

Ainda em relação à vacinação, a ministra da Saúde, Marta Temido, refere na conferência de imprensa sobre o Plano de Vacinação que 7% da população da população portuguesa tem o processo completo de vacinação. António Costa lembra a “União Europeia está a dar um bom exemplo” que “nunca interrompeu a exportação de vacinas” e que está a ser feito “um esforço conjunto e global”.

O primeiro-ministro lembra que “tal como o vírus não tem nacionalidade, as vacinas também não” e “a solução tem que ser global porque sem solução global não há solução”, destaca António Costa.

(Notícia atualizada às 11H30 com mais informação)

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Costa avisa que restrições vão continuar mesmo sem estado de emergência

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião