Bruxelas cria selo sanitário para aumentar confiança no turismo europeu

  • Lusa
  • 19 Maio 2021

Comissão Europeia anunciou a criação do “Selo de Segurança do Turismo Europeu Covid-19”, uma autenticação do cumprimento das regras sanitárias a ser usada por estabelecimentos turísticos na UE.

Comissão Europeia anunciou esta terça-feira a criação do “Selo de Segurança do Turismo Europeu Covid-19”, uma autenticação do cumprimento das regras sanitárias a ser usada por estabelecimentos turísticos na União Europeia (UE), visando a retoma no verão.

Em comunicado divulgado esta quarta-feira, o executivo comunitário “congratula-se com um novo protocolo de saúde e segurança […] com requisitos e recomendações para empresas e espaços turísticos de vários subsetores, desde o alojamento a locais de património, para a flexibilização gradual das restrições à Covid-19”.

É através deste protocolo que surge o rótulo europeu de segurança turística anticovid-19, para ser usado pelos estabelecimentos turísticos que respeitem as regras sanitárias.

O objetivo é facilitar “a reabertura segura do turismo a tempo da época de verão” e promover “a reputação da UE como destino turístico de qualidade”, acrescenta.

Denominado “Selo de Segurança do Turismo Europeu [contra a] Covid-19”, este selo foi criado Comité Europeu de Normalização em parceria com a Comissão Europeia, visando assim melhorar os procedimentos de segurança nas empresas turísticas e aumentar a confiança dos viajantes que escolhem a UE como destino.

Este rótulo turístico – semelhante ao aplicado desde o ano passado pelo Turismo de Portugal, o Clean & Safe – é voluntário e poderá ser atribuído aos estabelecimentos turísticos que implementam e cumprem o protocolo sanitário agora criado.

Citado pela nota de imprensa, o comissário europeu do Mercado Interno, Thierry Breton, assinala que “a pandemia de Covid-19 perturbou o ecossistema turístico, causando perda de receitas e ameaçando milhões de empregos”.

“Ao mesmo tempo, a saúde e a segurança continuam a ser grandes preocupações para os cidadãos que anseiam por umas férias depois de um longo e difícil confinamento”, acrescenta Thierry Breton, notando que, por estas razões, o rótulo europeu sanitário “ajudará as empresas de turismo a garantir procedimentos de segurança antes da época de verão, aumentando assim a confiança dos viajantes, residentes e trabalhadores do setor do turismo”.

A Comissão Europeia encoraja agora os estabelecimentos turísticos a adotar o protocolo e o selo.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Bruxelas cria selo sanitário para aumentar confiança no turismo europeu

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião