Nos Alive “em pausa”. Festival foi adiado para julho de 2022

O Nos Alive, festival que decorre todos os anos em Algés, foi adiado novamente devido à pandemia. Organização diz que "sonho não terminou, apenas continua em pausa".

O Nos Alive foi novamente adiado. O festival que decorre todos os anos em Algés foi desmarcado devido à pandemia, estando agora marcado para os dias 6, 7, 8 e 9 de julho de 2022, anunciou a organização esta quinta-feira, afirmando que “o sonho não terminou, apenas continua em pausa”. Este é o segundo adiamento, mas os bilhetes adquiridos para as edições que deveriam ter acontecido em 2020 e 2021 são válidos para 2022.

“Mantendo-se a situação pandémica atual que limita a circulação entre países, fica inviabilizada a maioria das tours para o verão de 2021, o que nos obriga a adiar o festival para 2022″ escreveu a organização no Instagram, referindo que esta “não é uma decisão tomada de ânimo leve”, mas sim a pensar na “responsabilidade” e “segurança” de todos os envolvidos, desde fãs, artistas, patrocinadores, equipas de limpeza, etc.

A 14.ª edição do Nos Alive deveria ter acontecido nos dias 8, 9, 10 e 11 de julho, mas acabou adiado para este ano devido à lei que proibia a realização de festivais. Mas nem este ano será possível. Há cerca de duas semanas, Álvaro Covões já tinha afirmado que “dificilmente” haveria festival este ano. Em declarações ao Público, o diretor da Evrything Is New disse que a realização do evento não dependia “só da evolução da pandemia em Portugal, mas da evolução em todo o mundo, nomeadamente nos Estados Unidos e na Europa”.

No comunicado tornado hoje público, é feita ainda referência à questão dos bilhetes. “Os bilhetes adquiridos para o Nos Alive’20 e Nos Alive’21 são válidos para os dias de semana correspondentes do Nos Alive’22”, lê-se. Os reembolsos dos bilhetes comprados para a edição de 2020 podem ser pedidos 14 dias após a data prevista o Nos Alive’21, ou seja, a partir de 21 de julho.

Para quem está interessado em ir ao festival em 2022, os bilhetes estão disponíveis para venda a partir de 24 de maio deste ano.

(Notícia atualizada às 11h51 com mais informação)

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Nos Alive “em pausa”. Festival foi adiado para julho de 2022

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião