Vem aí uma carteira digital para cidadãos da UE acederem a serviços públicos

  • ECO
  • 1 Junho 2021

A carteira digital virá para facilitar a vida dos cidadãos europeus, prometeu o comissário europeu responsável pelo digital, Thierry Breton, no ano passado.

A Comissão Europeia deverá apresentar esta quarta-feira uma proposta para a criação de uma carteira digital para os cidadãos europeus terem uma opção segura para aceder aos serviços públicos online. A expectativa, segundo o Financial Times, é que esta funcionalidade esteja operacional daqui a um ano. Até lá será necessário operacionalizar toda a parte tecnológica para garantir a privacidade e impedir o acesso por parte das empresas.

Essa carteira digital irá armazenar detalhes de cartões de pagamentos, passwords e permitirá que os cidadãos dos 27 Estados-membros façam login nos sites dos Estados ou paguem contas da luz usando uma identidade reconhecida por todas as partes. A carteira servirá também de cofre para guardar documentos oficiais como a carta de condução, mas o cidadão escolherá que informação dará ou não.

O FT dá um exemplo concreto de como esta ferramenta poderá vir a ser utilizada no futuro: quando for alugar um carro poderá usar esta carteira digital remotamente para verificar a sua identidade e emitir uma chave eletrónica que permite ter acesso à viatura sem a necessidade de esperar na fila do aeroporto. A carteira digital será “simples, segura e irá proteger as pessoas online”, garante uma fonte ligada ao processo.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Vem aí uma carteira digital para cidadãos da UE acederem a serviços públicos

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião