Ex-chefe de gabinete de Pedro Nuno Santos alvo de buscas pela Polícia Judiciária

  • ECO
  • 8 Junho 2021

Nuno Araújo, ex-chefe de gabinete do atual ministro das Infraestruturas, foi esta terça-feira alvo de buscas por parte do DCIAP e da PJ. Em causa estão suspeitas de corrupção e tráfico de influências.

Nuno Araújo, antigo chefe de gabinete de Pedro Nuno Santos quando este ocupava a pasta de Secretário de Estado dos Assuntos Parlamentares, foi esta terça-feira alvo de buscas por parte do Departamento Central de Investigação e Ação Penal (DCIAP) e da Polícia Judiciária, avança o Diário de Notícias (acesso livre). Em causa estão suspeitas de corrupção e tráfico de influências.

As autoridades estão a realizar 10 buscas, “na sede de uma sociedade comercial, em Departamentos de Contratação Pública de diversos Municípios, numa empresa pública de gestão de águas e em habitações nas zonas de Penafiel e Guimarães“, informa ainda o DCIAP, em comunicado.

O DCIAP explica ainda que no âmbito desta investigação “investigam-se factos relacionados com a celebração, por ajuste direto, de aquisição de serviços entre uma sociedade comercial e os referidos municípios e a empresa pública”. Segundo o mesmo jornal, as autarquias envolvidas são as de Coimbra, Valongo, Vila Real de Santo António e Gondomar.

Em reação, o Ministério das Infraestruturas e da Habitação enviou entretanto um comunicado a afirmar que o ministro Pedro Nuno Santos “é totalmente alheio à alegada prática dos atos referidos nas notícias. Aguardaremos o desenrolar do processo judicial”.

De recordar que, em 2018, a Ministra do Mar, Ana Paula Vitorino, indicou Nuno Araújo para a administração da APDL (Administração dos Portos do Douro, Leixões e Viana do Castelo). Entretanto, em julho do ano passado, o responsável foi designado pelo Ministério das Infraestruturas e Habitação, liderado por Pedro Nuno Santos, presidente do Conselho de Administração da APDL.

(Notícia atualizada às 19h30 com mais informação)

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Ex-chefe de gabinete de Pedro Nuno Santos alvo de buscas pela Polícia Judiciária

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião