Goldman Sachs dá vitória à Bélgica no Euro 2020. E os apostadores?

Nas casas de apostas, França e Inglaterra disputam o lugar de favorito a levantar o trofeu no campeonato europeu de futebol. Portugal fica longe do pódio.

Com o arranque do Euro 2020, adiado para este ano devido à pandemia, multiplicam-se as previsões de quem sairá vencedor. Enquanto o banco de investimento Goldman Sachs projeta que é a Bélgica que leva o troféu, nas casas de apostas a seleção com mais probabilidade de vencer o torneio é a francesa, com os britânicos quase a acompanhar o passo.

Olhando para os agregadores de apostas, verifica-se que há uma corrida renhida entre França e Itália. A seleção francesa surge com as maiores probabilidades de vencer no torneio que arranca a 11 de junho, mas sempre com uma curta distância a separá-la da equipa do outro lado do Canal da Mancha.

No OddsPortal, que agrega os dados de quatro casas de apostas, é França que fica no topo da lista dos favoritos, com odds de 5,45 (os ganhos potenciais por cada “moeda” apostada), seguida por Inglaterra (6,20). Volta a repetir-se o cenário no EasyOdds, com França na liderança (4,5), com Inglaterra (6,5) e Bélgica (8) atrás.

Segundo o OddsChecker, França também leva a taça (com os cálculos a colocarem os ganhos potenciais nos 6), com Inglaterra novamente nos calcanhares (7). Já quanto ao melhor marcador, é o belga Romelu Lukaku que segue na liderança, numa corrida que figura também o português Cristiano Ronaldo.

Nos sites portugueses, a maioria também dá a vitória aos Bleus. Na bet.pt, por exemplo, França está no topo da lista dos favoritos (5,50), seguida de perto por Inglaterra (6). As odds favorecem também a Bélgica (7), com Espanha e Alemanha a apresentar a mesma probabilidade de saírem campeãs (8,5).

De sublinhar que as estatísticas vão sendo atualizadas, mas tem sido sempre França e Inglaterra a ocupar os primeiros lugares das probabilidades de levantar o troféu Henri Delaunay.

Quanto a Portugal, que foi campeão europeu em 2016, aparece em sexta ou sétima posição na maioria das casas de apostas, atrás de França, Inglaterra, Bélgica, Alemanha, Itália e Espanha.

Já nos cálculos do Goldman Sachs, a seleção nacional poderá chegar às meias-finais, mas perde contra a equipa belga, que o banco, ao contrário dos apostadores, dá como vencedora.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Goldman Sachs dá vitória à Bélgica no Euro 2020. E os apostadores?

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião