AHRESP quer Programa Adaptar a financiar testes à Covid

Programa visa dar resposta financeira nomeadamente às necessidades de melhoria/alteração e redimensionamento de espaços, privilegiando a segurança e o bem-estar do consumidor.

A Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal (AHRESP) quer que os custos com os testes laboratoriais à Covid-19 possam ser consideradas despesas elegíveis para o programa Adaptar 2.0, que está inscrito no Plano “Reativar o Turismo“.

“Após a sua aprovação no âmbito do Programa de Estabilização Económica e Social (PEES) em julho de 2020, o programa ADAPTAR 2.0 nunca chegou a ser disponibilizado às empresas”, sublinha a AHRESP em comunicado, recordando que foi “agora consagrado no âmbito do Plano “Reativar o Turismo | Construir o Futuro””. E uma vez que o objetivo do programa era “dar resposta financeira nomeadamente às necessidades de melhoria/alteração e redimensionamento de espaços, privilegiando a segurança e o bem-estar do consumidor deve também contemplar os custos com os testes laboratoriais para SARS-CoV-2 como despesas elegíveis, devendo ser urgentemente disponibilizado”, defende a associação.

Os testes à Covid-19 passaram a ser recomendados em eventos familiares com mais de 10 pessoas, como casamentos e batizados, segundo a Direção Geral da Saúde (DGS), mas também em eventos culturais e desportivos, serviços públicos e empresas.

Os apoios do programa Adaptar, para a reconversão dos estabelecimentos e métodos de trabalhos das micro, pequenas e médias empresas, para cumprirem distanciamento devido à pandemia, foram prolongados de seis para nove meses, até 31 de março deste ano. O objetivo era adaptar os estabelecimentos, métodos de organização do trabalho e de relacionamento com clientes e fornecedores, às novas condições de distanciamento físico impostas pela Covid-19. A medida voltou a ser inscrita no plano “Reativar o Turismo”, com financiamento do Portugal 2020.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

AHRESP quer Programa Adaptar a financiar testes à Covid

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião