Produção industrial dispara 27,1% em maio, mas ainda está abaixo do pré-Covid

  • Lusa
  • 30 Junho 2021

A produção industrial disparou 27,1% em maio, uma subida explicada pela comparação ser com um mês de pandemia de 2020. Ainda está 8,2% abaixo de maio de 2019.

O índice de produção industrial registou um aumento homólogo de 27,1% em maio, face ao mês anterior, em que se observou uma subida de 37,3%, segundo dados do Instituto Nacional de Estatística (INE), divulgados esta quarta-feira.

“O Índice de Produção Industrial abrandou 10,2 pontos percentuais (p.p.), para uma taxa de variação homóloga de 27,1%”, esclarece o INE, justificando que esta evolução reflete “um efeito de base”, uma vez que a produção do mês homólogo foi “fortemente afetada” pela pandemia de Covid-19, tendo a respetiva taxa diminuído 27,8%. Apesar da recuperação verificada em maio deste ano, o INE adianta que o índice “ainda se encontra 8,2% abaixo do mesmo mês de 2019”.

Por agrupamentos, o de bens intermédios e o de bens de consumo registaram os contributos mais positivos para o aumento do índice agregado (10,2 pontos percentuais (p.p.) e 10,1 p.p., respetivamente), originados por crescimentos homólogas de 30% e 30,8%, contra 31,9% e 49,5% no mês anterior, pela mesma ordem.

Quanto aos agrupamentos de bens de investimento e de energia, o seu contributo para o índice global foi de 3,4 p.p. e 3,3 p.p., respetivamente, apresentando aumentos 23,5% e 18,1%, respetivamente.

Em abril deste ano, estes agrupamentos tinham registado um aumento de 72,3% e 11,2%, pela mesma ordem, segundo o INE. Em termos mensais, este índice recuou 4,5% em maio, depois de denotado um aumento de 0,9% em abril.

O índice de produção industrial mede as variações do volume da produção em “intervalos curtos e regulares”, apontou o INE. Estes índices são obtidos através do inquérito mensal à produção industrial, realizado junto de unidades estatísticas selecionadas a partir de empresas sediadas em Portugal.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Produção industrial dispara 27,1% em maio, mas ainda está abaixo do pré-Covid

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião