Sonae sobe 3% após vender 25% da dona do Continente. PSI-20 abre em alta

A bolsa nacional está em alta, com destaque para a Sonae. A cotada sobe 3% no arranque desta sessão após ter anunciado no sábado que vendeu 25% da empresa que detém o Continente.

É a primeira sessão de agosto e o sentimento é positivo. O PSI-20 valoriza 0,79% para os 5.066,6 pontos no arranque da negociação desta segunda-feira, após ter fechado julho em terreno negativo. Entre as cotadas, o destaque vai para a Sonae que sobe 2,94% para os 85,7 cêntimos.

Este sábado a Sonae revelou que chegou a um acordo com a CVC Strategic Opportunities para a venda por 528 milhões de euros de uma posição minoritária de 24,99% na Sonae MC, a subsidiária que gere as insígnias de retalho da Sonae, incluindo o Continente, Continente Modelo, MeuSuper, Wells e outras marcas. A Sonae continua a ter uma posição de controlo na Sonae MC, a qual fica assim avaliada até cerca de 2,4 mil milhões de euros.

Com o desempenho desta sessão, a Sonae está perto de alcançar os valores pré-pandemia, aproximando-se de máximos de fevereiro de 2020. A cotada tinha feito um caminho semelhante em maio, mas voltou a cair nas semanas seguintes, como é visível no gráfico.

Fonte: Reuters/Refinitiv.

Apesar de a Sonae se destacar, há cotadas a subir mais. É o caso da Corticeira Amorim que valoriza 4,19% para os 10,94 euros. A empresa vai apresentar os seus resultados do primeiro semestre na próxima terça-feira, 3 de agosto. Recentemente, a empresa confirmou que pagou 14,5 milhões de euros por 50% da Herdade de Rio Frio.

De notar ainda a subida da Novabase acima de 3% e da Nos e da Ramada acima de 2%. O BCP valoriza 1,67% para os 12,18 cêntimos.

Esta segunda-feira de manhã, antes da abertura da bolsa, a Galp Energia anunciou que assinou um acordo final com a Enerland, empresa espanhola de energias renováveis, para a aquisição, desenvolvimento e construção de um portefólio renovável em Espanha, com uma capacidade agregada de 220 megawatts (MW). A cotada está a valorizar 0,54% para os 8,26 euros.

A travar maiores ganhos no PSI-20 está a Ibersol que cede 1,35% para os 5,84 euros. A Pharol e a Jerónimo Martins também negoceiam com perdas ao passo que a REN, que passou a ter um novo acionista, está inalterada.

Ao subir neste início de sessão, o PSI-20 acompanha assim as principais praças europeias: o Stoxx 600, o índice que agrega as 600 principais cotadas europeias, valoriza 0,7%, enquanto o alemão DAX sobe 0,6%, o francês CAC valoriza 0,8% e o espanhol IBEX avança 0,9%.

(Notícia atualizada às 8h23 com mais informação)

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Sonae sobe 3% após vender 25% da dona do Continente. PSI-20 abre em alta

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião