Mário Ferreira paga 3,2 milhões de euros por mais 5,16% da dona da TVI

O empresário Mário Ferreira conseguiu adquirir mais 5,16% das ações da Media Capital através da OPA obrigatória. Fica com 35,38% após a liquidação da operação. Abanca vendeu posição.

A Pluris Investments vai adquirir mais 5,16% da Media Capital ao abrigo da OPA obrigatória sobre o grupo, posição que lhe custará mais de 3,2 milhões de euros. Após liquidação da operação, no próximo dia 9 de agosto, a holding do empresário Mário Ferreira passará a deter 35,38% da dona da TVI.

Os resultados da Oferta Pública de Aquisição (OPA) sobre a Media Capital foram divulgados esta quinta-feira e mostram que, dos 5,31% que eram alvo da oferta, Mário Ferreira conseguiu adquirir 5,16%, o equivalente a pouco menos de 4,4 milhões de títulos. A contrapartida foi de 73,95 cêntimos.

“Fica agora definitivamente estabilizada a estrutura acionista” da Media Capital, sublinhou Mário Ferreira, em reação à operação. Em comunicado, o presidente do Conselho de Administração da Pluris Investments afirmou que “agora é tempo de olhar em frente” e focar no “desenvolvimento da empresa”. O responsável deixou ainda a garantia de que acionistas, colaboradores e públicos “podem contar com a forte ambição e o empenho diligente da Pluris no desenvolvimento de um projeto pluralista, livre, diversificado e inovador que prestigia o setor e o país”.

Esta aquisição, forçada pela CMVM depois de ter concluído que houve concertação entre a Pluris e a Prisa (antiga acionista principal da Media Capital), acontece mais de um ano depois de Mário Ferreira ter pagado 10,2 milhões de euros por 30,22% da mesma empresa.

Atualmente, a estrutura acionista da Media Capital é mais diversificada e 64,47% das ações “escaparam” à OPA, por terem sido alvo de ordens de bloqueio por parte dos respetivos titulares.

Para o resultado da OPA, contribuiu de forma determinante a venda da posição de 5,05% que o Abanca tinha na Media Capital. Contactada pelo ECO, a instituição confirmou a alienação das ações na OPA da Pluris.

Resultados da OPA sobre a Media Capital:

Fonte: Euronext via CMVM

De recordar que a Pluris, que também é acionista do ECO, informou, no âmbito da OPA, não ter intenções de retirar a Media Capital da bolsa. Além disso, assumiu compromissos de continuidade da atividade da Media Capital, respeito pelas linhas de programação, estatutos editoriais e autonomia editorial das marcas de comunicação social do grupo.

(Notícia atualizada pela última vez na sexta-feira, às 10h44)

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Mário Ferreira paga 3,2 milhões de euros por mais 5,16% da dona da TVI

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião