Que livros leem os empreendedores? Tome nota

Estas são as sugestões de leitura dos líderes da Bloq.it, da Beta-i e do Minty Lab.

São fundadores de empresas nacionais e o empreendedorismo corre-lhes nas veias. Ler faz parte das suas vidas e é daí que retiram grandes aprendizagens que, muitas vezes, aplicam no seu dia-a-dia no trabalho.

João Lopes é cofundador e COO da startup portuguesa Bloq.it, que desenvolve tecnologia para cacifos inteligentes. Se há livro que aconselha é o “12 Rules for Life: An Antidote to Chaos”, da autoria de Jordan B. Peterson, uma história sobre escolhas e responsabilidades.

João Lopes é cofundador e COO da Bloq.it.

“Muito antes de existirem dinossauros, já as lagostas povoavam a Terra. Há 350 milhões de anos que obedecem a uma rígida estrutura hierárquica. As mais fortes têm direito ao melhor território, à melhor comida, às melhores fêmeas. As mais fracas vergam-se à autoridade – a ponto de caírem em depressão. A organização social das lagostas é o ponto de partida da primeira regra deste livro: levante a cabeça e endireite as costas”, explica.

E não é uma metáfora: “Ou somos verticais ou somos esmagados”. “No limite, trata-se de uma escolha individual, e é de escolhas (e responsabilidades) que trata este livro.”

Já o cofundador da Beta-i, Ricardo Marvão, prefere aconselhar a leitura de um livro escrito precisamente para a vida profissional. “Design Your Work Life”, de Bill Burnett, ajuda o leitor a repensar e analisar a sua vida. “Conheci o Bill há 10 anos e nesse ano a Beta-i trouxe-o a Lisboa para o ‘Silicon Valley comes to Lisbon’”, recorda Ricardo Marvão.

Ricardo Marvão é cofundador da Beta-i.

Depois do livro “Design Your Life”, esta obra surge a pensar no trabalho, o local — ainda que, agora, possa ser um lugar mental e não físico — onde passamos a maior parte do tempo. “A maioria dos trabalhos é construída em torno de tarefas a serem realizadas e transações a serem gerenciadas, e a maioria dos gestores não se sente confortável em falar com os seus colaboradores sobre significado e impacto. Quando te tornas o designer da tua vida profissional, podes ajudar o teu chefe e a sua empresa a tornar-se no trabalho que desejas.”

“Se tiveres o teu próprio negócio, podes reinventá-lo indefinidamente até que te dê significado e impacto também. No momento em que vivemos, com a pandemia a alterar completamente a forma de vermos o nosso trabalho e como o efetuamos, é uma ótima ferramenta para uma reflexão mais prolongada e profunda sobre o que será e como será o nosso trabalho no futuro”, acrescenta.

A escolha de João Figueiredo, cofundador e CEO do Minty Lab, é a obra “Zero to One”, da autoria de Peter Thiel. O livro aborda o empreendedorismo e refere algumas metodologias para a criação de modelos de negócios inovadores.

João Figueiredo é cofundador e CEO da Minty Lab.

“Da autoria do fundador do Paypal, o livro aborda toda a burocracia e garra necessária para fazer de uma ideia um negócio solidificado e com impacto na sociedade”, resume o líder da Minty Lab, que promete ajudar as marcas em todo o processo de digitalização e dar-lhes alguma robustez no setor da moda.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Que livros leem os empreendedores? Tome nota

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião