Mais de metade dos 215 cursos com propinas pagas pela Fundação José Neves são mestrados e pós-graduações

Até ao final do ano, a FJN tem ainda 1,6 milhões de euros para investir no pagamento das propinas a jovens estudantes e profissionais de todo o país.

Mais de metade dos 215 cursos elegíveis nas 34 instituições de ensino parceiras da Fundação José Neves (FJN) são mestrados e pós-graduações em instituições públicas e privadas. Até ao final do ano, a FJN, através do seu programa de bolsas reembolsáveis ISA FJN, tem 1,6 milhões de euros para investir no pagamento de propinas.

“O principal objetivo das bolsas reembolsáveis da Fundação José Neves é democratizar o acesso à educação. O ISA FJN é um programa de apoio para todos os portugueses que pretendam investir na sua educação, independentemente da situação pessoal, profissional ou capacidade financeira. O mercado de trabalho está a mudar rapidamente, tornando crucial a formação e a aprendizagem ao longo da vida, para responder aos novos desafios que nos são colocados”, sublinha Carlos Oliveira, Presidente Executivo da Fundação José Neves, citado em comunicado.

O ISA FJN garante o pagamento integral da propina para aqueles que queiram continuar ou retomar os estudos e esse investimento só é reembolsado se e quando o estudante atingir as condições para o fazer de forma sustentada. Os interessados em beneficiar deste apoio deverão submeter a sua candidatura através deste link e fazer a inscrição na instituição de ensino do curso elegível.

Este programa financiado pela Fundação do líder da Farfetch é dirigido aos estudantes e também a todos aqueles que já estão no mercado de trabalho. O ISA FJN facilita o acesso dos portugueses a cursos e formações onde existe uma grande necessidade de talento.

Até ao final do mês de julho, a Fundação José Neves já tinha assegurado o pagamento das propinas a 112 portugueses, investindo um total de 800 mil euros.

Além do ISA FJN, a Fundação José Neves conta também com o portal Brighter Future, que é a maior base de conhecimento sobre Educação e Competências em Portugal, ao permitir comparar e relacionar informações sobre cerca de 4.000 cursos e formações, mais de 200 profissões e mais de 200 competências relevantes. Esta plataforma transforma dados em factos e informação relevante para que profissionais e estudantes possam tomar as melhores decisões para o seu futuro.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Mais de metade dos 215 cursos com propinas pagas pela Fundação José Neves são mestrados e pós-graduações

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião