Há sete universidades portuguesas entre as melhores do mundo, segundo a QS World University

A Universidade do Porto ocupa o primeiro lugar entre as portuguesas, no 295.º lugar, entre 1.300 universidades de todo o mundo. Segue-se a Universidade de Lisboa e a Universidade Nova.

As universidades portuguesas estão, uma vez mais, em destaque nos rankings mundiais. As universidades do Porto, Lisboa, Nova, Coimbra, Minho, Aveiro e Católica são as melhores instituições de ensino universitário em Portugal mundo, segundo o “QS World University Rankings 2022”, publicado anualmente pela Quacquarelli Symonds (QS), que avalia a performance das universidades a nível global. A Universidade do Porto ocupa o primeiro lugar entre as portuguesas, no 295.º lugar, entre 1.300 universidades de todo o mundo.

Com uma pontuação global de 34.9, a Universidade do Porto destaca-se, sobretudo, nas métricas relacionadas com menções e reputação. O desempenho da universidade da cidade Invicta melhorou em relação ao ranking anterior, no qual ocupou a 357.ª posição e obteve uma pontuação global de 30.2.

Segue-se a Universidade de Lisboa, no 356.º lugar, com um score de 31. Para obter esta posição muito contribuiu a avaliação mais específica que avalia o rácio de estudantes internacionais, no qual a universidade supera mesmo o valor da Universidade do Porto (42.1 versus 24.1), e a reputação da instituição.

Finalmente, no terceiro lugar do pódio português está a Universidade Nova de Lisboa. Ocupando o 431.º lugar do ranking global, a Nova obteve um score de 26.4, em grande parte suportado também pelo número de estudantes internacionais que frequentam os seus cursos. Aliás, entre as três universidades, é mesmo aquela que conta com maior diversidade de nacionalidades (score de 57).

Universidade Nova de Lisboa

A Universidade de Aveiro, de Coimbra, do Minho e também a Católica também surgem ao longo ranking da consultora britânica QS.

O “QS World University Rankings 2022” contempla um de total de 1.300 universidades de todo o mundo, que foram avaliadas de acordo com seis métricas (international students ratio, international faculty ratio, faculty student ratio, citations per facultaty, academic reputation e employer reputation).

MIT é um 100/100

No top três, como as grandes referências de ensino a nível mundial, estão a Massachusetts, Institute of Technology (MIT), em Cambridge (EUA), a University of Oxford, no Reino Unido, e a Stanford University, nos Estado Unidos, que partilha o terceiro lugar do pódio com a University of Cambridge, no Reino Unido.

Estas universidades obtiveram pontuações globais de 100, 99.5 e 98.7, respetivamente.

University of Cambridge

Harvard University, California Institute of Technology (Caltech), Imperial College London, ETH Zurich – Swiss Federal Institute of Technology, UCL e University of Chigado merecem também um lugar de destaque, integrando o top 10 das melhores universidades do mundo.

“As classificações universitárias deste ano são as nossas maiores de sempre”, lê-se na página onde está publicado o ranking completo.

Na quinta-feira, a consultora QS publicará um novo ranking, desta vez referente aos melhores programas de MBA do mundo.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Há sete universidades portuguesas entre as melhores do mundo, segundo a QS World University

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião