Boris Johnson tem “luz verde” para aumentar impostos

Subida dos impostos vai servir para financiar um programa de recuperação pós-pandemia no Serviço Nacional de Saúde (SNS) do Reino Unido.

O primeiro-ministro britânico teve “luz verde” do Parlamento para aumentar os impostos para máximos de sempre, com o objetivo de financiar a saúde e os cuidados sociais. De acordo com a Bloomberg (acesso pago, conteúdo em inglês), as receitas irão financiar um programa de recuperação pós-pandemia no Serviço Nacional de Saúde (SNS) daquele país.

Boris Johnson vai introduzir as mudanças a partir de abril de 2022, começando pelo um aumento das contribuições para a Segurança Social, já existentes, para depois se tornar um imposto separado sobre os rendimentos auferidos em 2023. O aumento será de 1,25% na taxa sobre os rendimentos, sendo que este imposto também vai ser aplicado aos dividendos.

A subida de impostos vai permitir arrecadar quase 36 mil milhões de libras (cerca de 41 mil milhões de euros) nos próximos três anos, montante que será consignado aos sistemas de saúde e de Segurança Social do Reino Unido.

Esta medida acontece depois de o primeiro-ministro ter conseguido maioria durante uma votação na Câmara dos Comuns. Contudo, apesar deste “sinal verde”, este plano de saúde e assistência social continua a ser uma proposta arriscada para um partido que se orgulha de manter os impostos baixos, diz a Bloomberg.

O Instituto de Estudos Fiscais britânico estima que, se tudo correr como planeado, será possível aumentar a carga fiscal do Reino Unido para o nível mais alto desde o início dos registos, em 1955.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Boris Johnson tem “luz verde” para aumentar impostos

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião