Hoje nas notícias: Galp, Porto e restrições

  • ECO
  • 22 Setembro 2021

Dos jornais aos sites, passando pelas rádios e televisões, leia as notícias que vão marcar o dia.

Esta quarta-feira a imprensa dá destaque à polémica do primeiro-ministro com a Galp Energia, à corrida das autárquicas no Porto com uma nova sondagem, o aumento do custo das matérias-primas necessárias para construir um automóvel e o fim de mais restrições que deverá ser decidido esta semana e terá efeitos a partir de 1 de outubro.

“Lição” à Galp passa por defender os trabalhadores, diz Costa

Num artigo publicado no Público esta quarta-feira, o primeiro-ministro vem esclarecer as polémicas declarações que fez sobre a Galp Energia, em que disse ser necessário dar uma “lição” à empresa dado a forma como lidou com o encerramento da refinaria em Matosinhos. “A pretendida ‘lição’ não é mais do que a utilização do Fundo de Transição Justa e a aplicação da legislação para proteção dos trabalhadores e do futuro do território“, escreve António Costa, assinalando que espera que “esta contextualização clarifique que não há contradição com o que disse anteriormente” na Cimeira Social no Porto.

Leia o artigo completo no Público (acesso condicionado)

PS perde dez pontos no Porto face a 2017

O estudo de opinião do Centro de Sondagens da Universidade Católica Portuguesa (CESOP) feito para o Público e para a RTP divulgado esta quarta-feira mostra que Rui Moreira irá conseguir uma maioria absoluta com 45% dos votos, ligeiramente acima do resultado de 2017. Na comparação com as eleições anteriores, o grande perdedor é o PS que vê esfumarem-se dez pontos percentuais de intenções de voto entre a candidatura de Manuel Pizarro (2017) e a de Tiago Barbosa Ribeiro (2021). Porém, continua acima do PSD que melhora ligeiramente para os 14% com Vladimir Feliz.

Leia a notícia completa no Público (acesso condicionado)

Há 239 ex-políticos e juízes a receber subvenções vitalícias pagas pelo Estado

Segundo a lista divulgada este mês pela Caixa Geral de Aposentações (CGA), em 310 ex-políticos e ex-juízes com direito a uma subvenção vitalícia, 239 representam um custo para o Estado. Os valores que antigos primeiros-ministros, ex-deputados ou autarcas e juízes do Tribunal Constitucional recebem variam entre 883 e 13.6007 euros por mês. O total de subvenções atribuídas tem vindo a diminuir, sendo que, em 2021, há menos quatro pessoas a beneficiar deste regime face a 2020, mas mais oito a receber efetivamente.

Leia a notícia completa no Público (acesso condicionado)

Escalada nos valores de metais ameaça subir preço de automóveis

O aumento dos preços de diversas matérias-primas, sobretudo dos metais, tanto preciosos como industriais, está a pressionar a indústria automóvel. Os máximos de vários anos em metais como o aço, o alumínio, o paládio, o ródio, a prata ou a platina juntam-se assim à crise da escassez de semicondutores no rol de problemas para o setor. De acordo com um relatório do Bank of America publicado em maio, em abril de 2020, durante a primeira vaga da pandemia, os custos das matérias-primas usadas para produzir um carro rondavam os 2.200 dólares. Em maio deste ano, esse valor ascendia já a 4.125 dólares.

Leia a notícia completa no Jornal de Negócios (acesso pago)

Governo acaba com restrições na restauração a partir de 1 de outubro

Com o levantamento das restrições contra a pandemia no dia 1 de outubro, restaurantes, cafés e pastelarias deverão passar a funcionar sem limite máximo do número de clientes, seja no interior, seja nas esplanadas. Bares e discotecas deverão reabrir também sem restrições de lotação, mas será pedido aos clientes para que apresentem o certificado digital Covid-19 da União Europeia ou um teste negativo. O decreto que levantará as restrições atuais deverá ser aprovado esta quinta-feira, em Conselho de Ministros, antecipando a entrada em vigor da terceira fase do desconfinamento.

Leia a notícia completa no Correio da Manhã (acesso pago)

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Hoje nas notícias: Galp, Porto e restrições

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião