BPI paga 130 milhões em dividendos ao CaixaBank

BPI anunciou que pagou 129,7 milhões de euros ao seu acionista único esta sexta-feira, depois de o BCE ter levantado o travão aos dividendos a partir do final de setembro.

O BPI anunciou esta sexta-feira que procedeu ao pagamento de 129,7 milhões de euros em dividendos ao seu acionista único, o CaixaBank, de acordo com o comunicado enviado ao mercado.

Estes dividendos já tinham sido aprovados pelos espanhóis em 27 de março 2020 e 15 de abril 2021, mas o pagamento tinha ficado suspenso por causa do travão do Banco Central Europeu (BCE) na sequência da pandemia.

Entretanto, com a evolução positiva da pandemia, o banco central levantou essa suspensão a partir do dia 30 de setembro. No dia seguinte, ou seja, esta sexta-feira, dia 1 de outubro, o BPI tratou de fazer o pagamento dos dividendos ao CaixaBank.

O banco liderado por João Pedro Oliveira e Costa registou lucros de 185 milhões de euros na primeira metade do ano, disparando mais de 300% face ao mesmo período do ano passado.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

BPI paga 130 milhões em dividendos ao CaixaBank

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião