Bitcoin chega aos 65.900 dólares e bate novo máximo histórico

Moeda virtual mais famosa do mundo está a valorizar mais de 5% e chega quase aos 66 mil dólares. Desempenho acontece um dia depois da estreia do primeiro ETF de bitcoin.

A criptomoeda mais famosa do mundo alcançou esta quarta-feira um novo máximo histórico. Está a valer 65.868 dólares (56.569 euros), o valor mais alto de sempre. A bitcoin começou a cotar em 2009, a valer apenas um dólar (0,86 euros), e é hoje a moeda virtual com maior valor de mercado.

A bitcoin está a valorizar 5,13% para 65.868 dólares (56.569 euros), naquele que é o valor mais alto de sempre. O último máximo histórico aconteceu a 14 de abril, dia em que tocou nos 64.869 dólares (55.711 euros).

Este desempenho positivo não é exclusivo da bitcoin, alastrando-se a outras moedas virtuais. O Ether, por exemplo, está a subir 1,96% para 3.866,97 dólares (3.321,07 euros), enquanto a ChainLink valoriza 6,99% para 26,12 dólares (22,43 euros). A KuCoin está a disparar 27% para 14,282 dólares (12,3 euros) e a Zcash quase 28% para 146,02 dólares (125,4 euros). O mesmo acontece com a Polygon, que dispara 21,5% para 1,47 dólares (1,26 euros).

Evolução da cotação da bitcoin desde o início de 2021Reuters

Este novo máximo histórico acontece um dia depois de se ter estreado na bolsa o primeiro ETF de bitcoin. O ProShares Bitcoin Strategy ETF, considerado o primeiro fundo de bitcoin a negociar na bolsa, valorizou quase 5% na estreia em Wall Street. Importa sublinhar que este ETF [Exchange Traded Fund] não detém bitcoin “fisicamente”, apenas replica a cotação da moeda virtual, recorrendo, para isso, a contratos futuros da bitcoin, um instrumento derivado que já existe há alguns anos.

De acordo com dados do Cointelegraph Markets Pro, citados pela Exame, o valor de mercado de todas as moedas virtuais do mundo chegou ontem aos 2,5 biliões de dólares (2,15 biliões de euros). Ou seja, mais do que duplicou desde janeiro, altura em que atingiu o bilião de dólares.

A bitcoin continua a ser a maior criptomoeda em termos de valor de mercado, com cerca de 1,2 biliões de dólares (1,03 milhões de euros) de market cap. Atrás aparecem o Ether com mais de 448 mil milhões de dólares (384,8 mil milhões de euros) e a Binance Coin com 81 mil milhões de dólares (69,6 mil milhões de euros). KuCoin Token, Zcash e Polygon foram as que mais recuperaram na última semana, disparando mais de 20% cada uma.

As moedas virtuais continuam a atrair cada vez mais interessados, somando investidores em todo o mundo, e levando mesmo vários Governos a renderem-se às criptomoedas. Por exemplo El Salvador, que foi o primeiro país do mundo a adotar a bitcoin como uma moeda legal. De acordo com o Presidente daquele país, num único dia foram convertidos mais de três milhões de dólares (2,58 milhões de euros) em bitcoin.

“As pessoas estão a inserir [aplicar] muitos mais dólares (para comprar BTC) do que a retirar das caixas multibanco”, escreveu Nayib Bukele no Twitter no sábado passado, referindo que estes factos podem ser comprovados por qualquer órgão de comunicação social. Só naquele dia foram feitas mais de 24 mil transações em todo o país, notou o responsável.

Na semana passada, foi a vez de a Rússia se manifestar. Vladimir Putin ainda não aceita criptomoedas como meio de pagamento, mas há sinais de tolerância. “As criptomoedas têm o direito de existir e podem ser usadas como meio de pagamento”, disse, numa entrevista à CNBC. Ainda assim, frisou ser “demasiado cedo” para falar do potencial uso deste tipo de moedas na comercialização de petróleo e de outro tipo de bens exportados pelo país.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Bitcoin chega aos 65.900 dólares e bate novo máximo histórico

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião