S&P avança pela sexta sessão à boleia dos resultados empresariais

Mais de 85% das empresas do S&P 500 que já reportaram contas superaram as estimativas dos mercados, reforçando o otimismo dos investidores em relação à earnings season.

Os índices S&P 500 e Dow Jones encerraram a sessão desta quarta-feira em alta, aproximando-se de novos máximos históricos, à boleia dos bons resultados das empresas norte-americanas.

Avançando pela sexta sessão seguida, o S&P 500 somou 0,37%, para 4.536,19 pontos, e o industrial Dow Jones valorizou 0,43%, enquanto o tecnológico Nasdaq cedeu uns ligeiros 0,05%, depois de uma forte sessão das tecnológicas na terça-feira.

“O que interessa são os resultados das empresas e o que temos visto até ao momento tem sido acima do esperado”, sublinhou Jack Janasiewicz, da Natixis Investment Managers Solutions, citado pela Reuters.

“As expectativas também estavam em baixo para esta temporada de resultados, por isso torna as coisas mais fáceis. Com os resultados a saírem acima do esperado, isso impulsiona as ações”, acrescentou.

Com cerca de 14% das empresas do S&P 500 já com os resultados publicados, os analistas esperam que os lucros das cotadas deste índice de referência subam 33% face ao ano passado. Mais de 85% das empresas que já reportaram contas superaram as estimativas dos mercados.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

S&P avança pela sexta sessão à boleia dos resultados empresariais

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião