Hoje nas notícias: Ricciardi, vacinas e eleições

  • ECO
  • 25 Outubro 2021

Dos jornais aos sites, passando pelas rádios e televisões, leia as notícias que vão marcar o dia.

Pode estar a chegar um banco novo pela mão de José Maria Ricciardi, que quer regenerar o nome da família Espírito Santo, assumiu o gestor ao Público. Em destaque nas capas de jornais encontram-se ainda os temas quentes dos últimos dias: a vacinação contra a Covid-19 e o Orçamento do Estado. Veja estas e outras notícias que marcam a atualidade nacional.

Ricciardi quer criar banco digital para regenerar nome Espírito Santo

José Maria Ricciardi, ex-administrador do BES, vai tentar regenerar o nome Espírito Santo através da criação de um banco novo, num conceito diferente dos chamados bancos clássicos. “Terá de ser pequeno, pelo menos no início, virado para o mundo digital, mas que dê às próximas gerações e aos colaboradores a possibilidade de crescer no futuro”. O ex-administrador do BES sublinha que “a família Espírito Santo era conhecida em todo lado, o melhor nome da banca portuguesa foi destruído”. “Se conseguir começar a fazer a sua regeneração, para que as gerações seguintes o desenvolvam, partirei desta vida com a consciência tranquila de que fiz tudo o que podia”.

Leia a notícia completa no Público (acesso pago).

PCP mantém-se disponível para negociar OE até quarta-feira

O Comité Central do PCP não tomou nenhuma decisão definitiva sobre o voto contra o Orçamento do Estado no domingo e está disposto a continuar as negociações com o Governo até ao último momento, sendo que a votação do Orçamento de Estado na generalidade acontece quarta-feira na Assembleia da República. O partido liderado por Jerónimo de Sousa tem dito que, tal como está, o documento, mesmo após as mudanças introduzidas pelo Governo nos últimos dias, merece voto contra do PCP. No entanto, o partido admite não fechar portas e que, até ao momento da votação na generalidade do documento, as negociações podem prosseguir.

Leia a notícia completa no Público (acesso pago).

“Ninguém sairia reforçado com eleições antecipadas”

O ex-ministro do Trabalho e da Segurança Social, António Vieira da Silva, defende que eleições antecipadas no caso de chumbo do Orçamento do Estado iriam causar um “dano sério ao país”. Para o ex-governante, eleições antecipadas pesariam na recuperação económica e social de Portugal, sendo que também não seriam benéficas já que nenhum dos partidos sairia reforçado.

Leia a notícia completa no Jornal de Negócios (acesso condicionado).

“Se for preciso fazer reforço de vacinas a mais idades e outros grupos sociais, faremos”

A diretora-geral de Saúde, Graça Freitas, diz que ainda é prematuro aferir a necessidade de um reforço anual da vacina contra a Covid-19 para jovens e adultos, numa altura em que avança agora a terceira dose para os maiores de 65 anos (começando pelos mais velhos). Mesmo assim, assegura: “Se for necessário fazer reforço de vacinas a mais idades e outros grupos sociais, faremos”. Quanto à capacidade de vacinação, a líder da DGS reitera que “se houve antes, terá de haver agora”.

Leia a notícia completa no Diário de Notícias (acesso pago).

“Plano de reformular portefólio da Galp já está em curso”

A Galp está comprometida em se tornar neutra em carbono e o plano está em curso: “Obriga-nos a sermos ousados nas ações que tomamos hoje, enquanto nos certificamos de que prosperamos durante a transição energética”, diz o CEO da empresa petrolífera, Andy Brown, que acrescenta que “o plano de reformular” o portefólio “já está em curso”, com a Galp a “acelerar a integração de soluções energéticas de baixa ou nenhuma presença de carbono nos nossos negócios”.

Leia a notícia completa no Jornal de Negócios (acesso condicionado).

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Hoje nas notícias: Ricciardi, vacinas e eleições

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião