Portugal é um “ótimo lugar” para se começar uma startup

  • Lusa
  • 4 Novembro 2021

Brad Smith, presidente da Microsoft, diz reconhecer Portugal como um "ótimo lugar" para os empreendedores fundarem startups: "É notável ver o quanto o país mudou."

O presidente da Microsoft, Brad Smith, considera que Portugal tornou-se num “ótimo lugar” para uma startup começar a vida e contratar “pessoas talentosas”, classificando de “notável” a mudança do país nos últimos anos.

“Recordo-me quando a Microsoft começou em Portugal, fiz parte dos primeiros dias do negócio e da vida da Microsoft em Portugal”, lembrou Brad Smith, quando questionado sobre a sua visão sobre o país de uma empresa que marca vários anos no mercado português.

“A primeira coisa que gostaria de dizer é que é notável ver o quanto em Portugal mudou, o quão vibrante o setor de tecnologia se tornou em Portugal”, prosseguiu, dando o exemplo da Web Summit, que hoje termina em Lisboa.

“Veja como a própria Web Summit se encaixa hoje em Portugal”, destacou Brad Smith. Atualmente, “temos 2.000 funcionários em Portugal e eu lembro-me quando a Microsoft tinha dois”, comentou, a sorrir. Portanto, “assistimos a um crescimento de mil vezes em termos do número de funcionários que temos aqui”, acrescentou.

“Acho que Portugal se tornou um ótimo lugar para uma startup começar a sua vida”, considerou, salientando que o país também se tornou um “ótimo lugar para contratar pessoas talentosas”. E, acrescentou, “não é apenas em Lisboa”, mas nas “múltiplas cidades e vilas em Portugal”.

Brad Smith sublinhou que todos os países estão a tentar descobrir como sair da pandemia de Covid-19 e como adaptar-se ao futuro. “Como é que nos adaptamos a uma variedade de desafios económicos diferentes e aqueles que estão presentes aqui”, referiu.

No entanto, “acho que se olhar para o longo prazo, de certa forma, o ingrediente mais fundamental para qualquer país é o seu talento”, sublinhou.

Nesse sentido, “Portugal tornou-se um lugar tanto tem um grande talento caseiro em termos de pessoas que aqui nasceram” como se tornou “um lar acolhedor para talentos do resto da Europa e mesmo além”, sublinhou.

“Acho que é uma combinação bastante mágica para o futuro de Portugal”, concluiu o presidente da Microsoft.

A Web Summit arrancou em 1 de novembro e termina esta quinta-feira em Lisboa, em modo presencial, depois de a última edição ter sido online e a organização espera cerca de 40 mil participantes, segundo revelou, em setembro, Paddy Cosgrave, presidente executivo da cimeira.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Portugal é um “ótimo lugar” para se começar uma startup

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião