Microsoft Portugal. “Colaboradores podem optar pelo regime de trabalho que lhes for mais conveniente”

A tecnológica, que emprega mais de 1.400 pessoas em Portugal, está a dar a opção aos colaboradores de escolher a partir de onde querem trabalhar.

Nos Estados Unidos, a Microsoft está a dar indicação de regresso ao escritório desde o final de fevereiro, mas em Portugal os cerca de 1.400 colaboradores podem escolher qual o modelo de trabalho que pretendem adotar. Os “colaboradores da Microsoft Portugal podem optar pelo regime de trabalho que lhes for mais conveniente – a partir de casa, em trabalho remoto, ou dos nossos escritórios”.

“Proteger a saúde, segurança e bem-estar dos colaboradores da Microsoft é a nossa prioridade. Atualmente, os colaboradores da Microsoft Portugal podem optar pelo regime de trabalho que lhes for mais conveniente – a partir de casa, em trabalho remoto, ou dos nossos escritórios, com o cumprimento de algumas regras, como a marcação prévia de lugar, utilização de máscara durante a circulação nas áreas comuns, distâncias de segurança e reforço da higienização dos espaços”, adianta fonte oficial da Microsoft Portugal à Pessoas.

“Ao longo dos últimos dois anos, o nosso modelo híbrido do espaço de trabalho tem sido balizado por seis estádios, o que nos permite adaptar rapidamente as nossas recomendações com base em dados locais de saúde, legislação, taxa de vacinação, entre outros”, recorda a companhia que diz ouvir “com frequência” os trabalhadores “tanto através de inquéritos diários de satisfação”, como através de “um questionário aprofundado, feito duas vezes por ano, a todos os colaboradores da organização.”

Microsoft Portugal: fotografias de interior apos as obras de remodelacao do escritorio (Junho 2019)

Depois de dois anos de trabalho em pandemia, a tecnológica aposta no modelo de trabalho híbrido como um modelo futuro. “Na Microsoft existe um compromisso claro com o modelo de trabalho flexível, que reconhece diferentes estilos laborais, pelo que temos em consideração as diferentes necessidades individuais dos nossos colaboradores”, diz fonte oficial da companhia.

Acreditamos que o futuro do trabalho é híbrido, cujos princípios de trabalho híbrido assentam em confiança, inovação e tecnologia e são garante de um bom equilíbrio da vida pessoal e profissional.”

EUA regressa ao escritório

Desde finais de fevereiro que, nos Estados Unidos os colaboradores têm indicação de regresso ao escritório. Desde essa data que aos trabalhadores foi dado um período de transição de 30 dias “para ajustar as suas rotinas e adotar as preferências de trabalho que acordaram com os seus gestores”, disse Chris Capossela, chief marketing officer, citado pela Bloomberg.

O regresso ao escritório vinha a ser adiado pelas empresas nos Estados Unidos dada a evolução da pandemia, agora no retorno a Microsoft está a permitir que os colaboradores possam trabalhar até metade da semana a partir de casa sem terem de negociar com as chefias. Mais do que isso terão de obter aprovação dos gestores.

O Twitter também anunciou recentemente o regresso ao escritório, mas adotando um modelo flexível que dá opção aos colaboradores de escolher a partir de que local pretendem exercer funções, aquele em que se sentem “mais produtivos e criativos”. O trabalho 100% remoto vai continuar a ser uma possibilidade, se as pessoas assim o desejarem.

No setor tech não são as únicas empresas a anunciar novas regras ao nível de organização do trabalho. A Reddit já anunciou que os colaboradores podem trabalhar de forma permanente a partir de casa, tendo a Amazon igualmente dado aos colaboradores a possibilidade de escolher o local a partir do qual querem trabalhar, noticiou a Deadline (conteúdo aberto, em inglês)

Outras empresas têm modelos distintos. Na Apple a partir de 11 de abril os funcionários terão de trabalhar, pelo menos, um dia por semana no escritório, passando a três dias por semana a partir de 23 de abril. E o Google também está a determinar que, a partir de 4 de abril, se trabalhe três dias por semana no escritório, embora a empresa permita prolongar o trabalho remoto ou mudança de local de trabalho.

No caso da Meta, a dona do Facebook e do Instagram está a ditar o regresso ao escritório a partir de 28 de março, a não ser que, até meados desse mês, o colaborador peça o prolongamento do trabalho remoto.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Microsoft Portugal. “Colaboradores podem optar pelo regime de trabalho que lhes for mais conveniente”

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião