Depois da Web Summit, carrinha “pão de forma” da Accenture segue viagem para o Técnico

Após ter recolhido 200 inscrições de possíveis colaboradores, a Accenture estacionou a sua carrinha, que faz parte de uma ação de recrutamento, no Técnico, para interagir com os alunos de engenharia.

Depois de ter estado estacionada durante os três dias da Web Summit no Parque das Nações, em Lisboa, a carrinha “pão de forma” da consultora já seguiu viagem. Está, agora, no Instituto Superior Técnico para interagir com os estudantes de engenharia. E a rota deverá fazer-se com outras universidades do país.

“No Instituto Superior Técnico, vamos contar com a presença dos nossos embaixadores que são estudantes nessa universidade. Ponderamos ainda ações semelhantes ao longo do ano noutras universidades”, adianta Marta Pinheiro, diretora de recrutamento da Accenture, à Pessoas.

“Um dos pilares estratégicos da Accenture é a gestão do seu talento, desde a sua captação e seleção ao posterior desenvolvimento de competências. O nosso programa de obtenção e retenção de talento está pensado a nível anual, com diversas atividades tanto para o target de estudantes e finalistas, como para um segmento de profissionais com experiência”, esclarece.

Na Web Summit, que encerrou esta quinta-feira, tirando partido do regresso do evento em formato presencial a Lisboa, a Accenture criou um stand no exterior do recinto, dando vida à campanha “Change from A to Z”, que tinha sido originalmente criada para o digital.

Uma carrinha “pão de forma” decorada com as fotografias de 26 colaboradores da empresa foi o ponto de partida “para mostrar o que é Accenture e a diversidade que temos dentro da nossa organização”.

Ao longo dos três dias da Web Summit, tivemos na nossa ação uma equipa alargada composta por colaboradores de diversas áreas como RH, marketing, embaixadores internos e student ambassadors, mas também alguns membros dos ‘Liquid Studios’ da Accenture que trouxeram protótipos de tecnologia com realidade aumentada, extended reality e o mood cocktail, uma máquina de cocktails que, através de facial recognition, atribui um cocktail de acordo com o estado de espírito que é lido no rosto”, detalha.

A carrinha acolheu colaboradores das diferentes áreas de negócio da companhia (strategy & consulting, interactive, technology e operations), agregando neste pequeno grupo quatro nacionalidades diferentes, bem como dez alunos de universidades portugueses, sobretudo nas áreas de engenharia e gestão.

Mais de 200 inscrições de possíveis colaboradores

O propósito final? Recrutar talento. Com este tipo de ações, a companhia espera conseguir mostrar os seus valores, mas também a tecnologia e inovação que a caracteriza. E os resultados são satisfatórios.

“Durante estes dias tivemos oportunidade de ouvir e falar com centenas de pessoas que quiseram saber mais sobre a Accenture e sobre o que fazemos. As mais de 200 inscrições que recolhemos de pessoas que manifestaram interesse em trabalhar connosco comprovam o sucesso desta iniciativa”, finaliza.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Depois da Web Summit, carrinha “pão de forma” da Accenture segue viagem para o Técnico

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião