Presidente da AHP acredita que haverá um novo aeroporto em 2025

Raul Martins diz estar "disponível para apostar" com Pedro Nuno Santos que haverá um novo aeroporto antes de 2029. Presidente da AHP aponta para 2025.

O presidente da Associação da Hotelaria de Portugal (AHP) está confiante de que haverá um novo aeroporto na região de Lisboa antes de 2029, contrariando as expectativas que têm sido criadas. Raul Martins aponta mesmo para 2025 e, se estiver certo, apontou, isso permitirá cumprir os objetivos traçados pelo Governo no programa para relançar o turismo até 2027.

“Estou disponível para apostar com o ministro [Pedro Nuno Santos]” que haverá um novo aeroporto antes de 2029, disse Raul Martins esta quarta-feira, em resposta a uma questão do ECO durante uma conferência de imprensa no âmbito do 32.º Congresso Nacional da Hotelaria e Turismo. “A minha expectativa é que haverá um novo aeroporto em 2025”, afirmou.

Neste ponto, questionado pelo ECO sobre as datas que têm sido apontadas pela própria ANA – Aeroportos de Portugal, o responsável da AHP respondeu estar “disponível” para apostar na existência dessa infraestrutura antes de 2029. “Quando o presidente da ANA refere essa data longínqua, é para provocar uma resposta do ministro [Pedro Nuno Santos]. A minha expectativa, como português, é que isso ocorra no prazo de três anos“, disse.

“Se em 2025 não tivermos um novo aeroporto, falhamos outra vez”, continuou o representante do setor hoteleiro, notando que, assim, será impossível ultrapassar o número de turistas alcançados em 2019, que foi um ano recorde para o setor. Raul Martins disse mesmo estar disponível para liderar uma task-force, caso esta venha a ser criada.

O responsável notou que o “problema” do novo aeroporto da capital “não está resolvido por culpa política”, sublinhando a urgência de uma decisão para que seja possível cumprir as metas estipuladas pelo Governo no Plano Reativar o Turismo, que prevê 6.000 milhões de euros para o setor até 2027.

“No programa do Governo, que tem números muito ambiciosos, e que vem na sequência dos números que estavam anunciados em 2019, naturalmente falta uma condição que é haver um novo aeroporto“, disse Raul Martins, afirmando que se não houver um novo aeroporto, será impossível cumprir essas metas do Plano Reativar o Turismo.

O Governo pediu em março uma Avaliação Ambiental Estratégica (AAE), colocando em cima da mesa três opções — duas incluindo Portela e Montijo e uma terceira prevendo a construção de um novo aeroporto em Alcochete. Pedro Nuno Santos já afirmou que isso vai obrigar a “esperar mais um ano ou ano e meio por uma decisão”. O mesmo afirmou o secretário de Estado Adjunto das Comunicações, apontando para 2023 a entrega da AAE.

Entre as três hipóteses em cima da mesa, Raul Martins diz que, na ótica da AHP, a opção mais viável seria Portela+1. “A hipótese do Montijo com hub é a mais correta e conveniente, porque também estamos preocupados com a situação ambiental”, disse.

(Notícia atualizada às 19h23 com mais informação)

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Presidente da AHP acredita que haverá um novo aeroporto em 2025

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião