Só Açores e Madeira têm concelhos sem bombas aderentes ao Autovoucher

Existem ainda 15 concelhos do país sem postos de combustível onde se pode beneficiar do Autovoucher, mas concentram-se nas ilhas. Todos os concelhos do Continente estão cobertos.

O Ministério das Finanças garantiu que no início do Autovoucher estava “já assegurada uma cobertura na esmagadora maioria dos concelhos”. No primeiro dia do programa, havia ainda 33 concelhos de Portugal sem nenhum posto de combustível aderente, mas a primeira atualização da lista reduziu esse valor para 15 concelhos concentrados nos Açores e Madeira, de acordo com a contabilização feita pelo ECO. No Continente já todos os habitantes têm pelo menos um posto de combustível aderente onde podem usufruir do desconto que o Governo criou para fazer face à subida de preços nos combustíveis.

O Governo anunciou esta terça-feira, um dia antes do arranque do Autovoucher, que cerca de dois terços dos postos aderiram. Há mais de 3.200 postos de combustíveis registados no país pelo que terão aderido até ao momento mais de dois mil postos. Nos próximos dias mais postos podem registar-se através do site do IVAucher/Autovoucher, sendo que os postos aderentes deverão ter uma identificação física com um selo do Autovoucher.

O Governo entrou em diálogo com as associações representativas das empresas do setor para garantir que a adesão fosse generalizada, existindo a expectativa no Governo de que o “número continue a crescer nas próximas semanas”. Segundo a lista, há postos aderentes da BP, Galp, Prio, Cepsa, Shell, Repsol e os low cost dos supermercados.

O objetivo do Governo com o Autovoucher é dar um subsídio aos portugueses face ao aumento do preço dos combustíveis nos últimos meses. O apoio será de cinco euros por mês entre 10 de novembro e março de 2022, num total de 25 euros. Este é válido nos consumos em postos de abastecimento, seja de combustível seja de jornais, tabaco ou outros produtos.

Para aceder ao apoio, o consumidor tem de aderir no portal do IVAucher, caso ainda não o tenha feito, e fazer o pagamento com um cartão bancário seu, entre um dos bancos aderentes, num posto de combustível aderente, daí a necessidade de se saber quais aderiram. Os cinco euros serão depositados na conta bancária do consumidor no primeiro consumo de cada mês até dois dias úteis depois.

Atualmente, estão inscritos na plataforma mais de um milhão de contribuintes, segundo a última atualização do Ministério das Finanças, que podem assim usufruir deste desconto. É de sublinhar que cerca de um terço destes portugueses aderiu ao programa após ser anunciado o Autovoucher, a 22 de outubro.

Eis os 15 concelhos sem postos de combustível aderentes ao Autovoucher até ao momento: Calheta, Corvo, Horta, Lagoa, Lajes do Pico, Madalena, Nordeste, Ponta Delgada, Porto Moniz, Povoação, Santa Cruz da Graciosa, Santa Cruz das Flores, São Roque do Pico, Velas e Vila Franca do Campo.

Pode consultar a lista dos postos de combustíveis aderentes no site do IVAucher/Autovoucher, a qual será atualizada progressivamente. A última versão é a seguinte:

Para além disso, poderá também verificar se um posto é aderente através do Selo Autovoucher, que deve ser colocado nestes estabelecimentos, à semelhança do que já acontecia com o IVAucher.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Só Açores e Madeira têm concelhos sem bombas aderentes ao Autovoucher

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião