OH!My Snacks quer conquistar a felicidade dos colaboradores pela boca

A startup portuguesa quer proporcionar o momento de pausa perfeita aos colaboradores das empresas, com snacks personalizados e saudáveis.

Ciente da importância de promover o bem-estar dos colaboradores, e do papel que a alimentação pode ter nessa tarefa, a Oh!My Snacks lançou um serviço de subscrição de snacks personalizados e saudáveis, para empresas e particulares. No segmento corporativo, a startup já conta com parcerias com a Sonae Holding e a Deloitte.

“Há um encontro muito forte entre a nossa oferta e aquilo que procuram as empresas preocupadas com o bem-estar dos colaboradores, onde a alimentação saudável é um dos pilares do wellbeing – ‘somos aquilo que comemos’. Por isso, desde o início, temos parcerias com a Sonae Holding e a Deloitte para citar alguns exemplos”, começa por explicar Ricardo Alves, fundador e CEO da Oh!My Snacks, em conversa com a Pessoas.

“Como a box é personalizada, não há desperdício de ‘snacks que ninguém gosta’, as empresas só pagam pelas boxes recebidas, os colaboradores podem receber no escritório ou em casa e nós tratamos de tudo isto…. Além de que cada box é um espaço de comunicação única que se pode ter com os colaboradores”, continua.

Ricardo Alves é o fundador e CEO da Oh!My Snacks.

Essa personalização — que Ricardo Alves considera fundamental, sobretudo numa altura de “guerra de talentos, onde atrair e reter talento é uma tarefa difícil” — é conseguida graças a um algoritmo de inteligência artificial (IA), que ajuda a que cada conjunto de snacks seja uma construção adaptada e adequada a cada pessoa, bem como melhorada ao longo do tempo.

Mas o processo envolve também nutricionistas. Estes profissionais construíram o quiz inicial, que os clientes têm de preencher com as suas preferências e objetivos nutricionais, e selecionam, desenvolvem e colocam milhares de metadados nos diferentes snacks. A máquina surge depois: “os diferentes algoritmos de inteligência artificial que temos são capazes de ler esta informação, detetar padrões e criar a box perfeita”.

Snacks personalizados com recurso a IA

A ideia da Oh!My Snacks surgiu de uma dificuldade pessoal que sentia: “surge da minha dificuldade em encontrar snacks saudáveis, mas saborosos, assim como da escassez de informação fidedigna relativamente ao valor nutricional dos alimentos.” Ao conversar com colegas de trabalho e amigos, Ricardo Alves percebeu que não era o único que sentia essa dificuldade, o que o motivou a pensar e desenhar uma solução.

Como a box é personalizada, não há desperdício de ‘snacks que ninguém gosta’, as empresas só pagam pelas boxes recebidas, os colaboradores podem receber no escritório ou em casa e nós tratamos de tudo isto…. Além de que cada box é um espaço de comunicação única que se pode ter com os colaboradores.

Ricardo Alves

Fundador e CEO da Oh!My Snacks

“Em 2020, quando fiz o meu MBA na Porto Business School, surgiu a oportunidade de testar esta ideia e o padrão era óbvio, a larga maioria comia os mesmos snacks aborrecidos de sempre”, recorda.

“Decidi construir um modelo de inteligência artificial para solucionar este problema. Aliei a minha formação em matemática, a aprendizagem do MBA e a minha experiência profissional, como diretor de dados, ao conhecimento de nutricionistas, e criei um algoritmo de inteligência artificial capaz de selecionar os melhores snacks, tendo em conta as preferências e objetivos individuais, através do preenchimento de um questionário inicial e do constante feedback dos clientes“, esclarece.

O processo é simples: o cliente apenas tem de preencher um inquérito, no qual indica os seus objetivos nutricionais e preferências em termos de sabores e tipos de snack. De seguida tem de escolher se pretende receber uma box com cinco snacks, pelo valor de 8,99€, ou uma box com dez snacks, pelo valor de 14,95€.

A primeira caixa personalizada foi enviada em 2020, ano em que o projeto venceu o “Acredita Portugal”, na categoria de produto. A ideia de negócio estava lá e o concurso de empreendedorismo português trouxe os investidores, que contribuíram para avançar de uma ideia para um negócio. “Assim com um investimento total de 125 mil euros entre a Ganexa Capital, Clever Advertising, Nolita Food e Subvisual, a Oh!My Snacks surgiu”, diz.

No próximo ano, a expectativa do empreendedor é continuar a crescer e expandir para mercados internacionais, ainda que considere que o mais importante neste momento é mesmo reter os clientes. Se o plano correr como esperado, “será necessário crescer a atual equipa — de quatro elementos — para manter a relação próxima com os clientes”, adianta

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

OH!My Snacks quer conquistar a felicidade dos colaboradores pela boca

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião