Lisboa cai 15 lugares no ranking das melhores cidades para expatriados

A capital portuguesa destaca-se pela qualidade de vida e facilidade em assentar, mas recua nos indicadores que medem a vida profissional e as horas de trabalho.

Lisboa tinha um lugar no pódio das melhores cidades para expatriados, no ranking elaborado pela InterNations, mas em ano de pandemia caiu 15 lugares para a 18º posição. Apesar de se destacar pela positiva na qualidade e no custo de vida, a capital portuguesa recuou para o fim da tabela no que diz respeito à vida profissional, com quase um terço dos expatriados descontentes com o horário laboral.

No Expat City Ranking de 2021, Lisboa está então no 18º lugar, entre 57 cidades do globo que foram analisadas. O melhor desempenho da capital é registado no índice que mede a facilidade de assentar (7º), sendo mesmo a cidade onde os expatriados se sentem mais em casa (80% contra 65% globalmente).

Além disso, Lisboa também apresenta um bom desempenho no Índice de Qualidade de Vida Urbana (12º), com os estrangeiros particularmente satisfeitos com o clima e opções de lazer. Quanto aos gastos, no índice que mede o custo de vida Lisboa fica em 10º lugar, mas quando se olha para as finanças e habitação, já cai para 28º.

O pior para os expatriados é mesmo a vida profissional, sendo que a capital portuguesa está classificada entre os 10 últimos lugares do Índice de Vida no Trabalho Urbano (50º), sendo que no ranking do ano passado figurava na 23º posição. As pessoas que escolheram mudar-se para Lisboa estão também insatisfeitos com as oportunidades de carreira locais (49% contra 33% globalmente) e 30% dizem estar descontentes com o horário de trabalho (o que compara com 16% globalmente).

Olhando para o ranking, que contou com mais de 12.400 entrevistados, é Kuala Lumpur, a capital da Malásia, que leva a “coroa”. Málaga e Dubai completam o pódio das melhores cidades para os expatriados, destacando-se pela qualidade de vida. Por outro lado, no fim da tabela encontra-se Roma (57º lugar), Milão, Joanesburgo, Istambul, Tóquio, Cairo e Paris.

Veja o top 10 das melhores cidades para os estrangeiros que decidiram mudar de país:

  1. Kuala Lumpur
  2. Málaga
  3. Dubai
  4. Sydney
  5. Singapura
  6. Cidade de Ho Chi Minh
  7. Praga
  8. Cidade do México
  9. Basileia
  10. Madrid

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Lisboa cai 15 lugares no ranking das melhores cidades para expatriados

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião