Sustentabilidade da Segurança Social “exige novas fontes de financiamento”, diz ministra

  • ECO
  • 3 Dezembro 2021

Para Ana Mendes Godinho, a sustentabilidade do sistema da Segurança Social é o "compromisso social coletivo" do país, destacando ser necessário encontrar novas formas de o tornar sustentável.

A sustentabilidade do sistema de Segurança Social deve ser “um dos nossos grandes debates nos próximos tempos”, nomeadamente quanto às “formas de o tornar mais sustentável”, sublinhou a ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, em entrevista ao Diário de Notícias (acesso pago) e à TSF (acesso livre).

Para Ana Mendes Godinho, trata-se de um “compromisso social coletivo”, sendo isso “que nos mantém a todos a querer estar no sistema”. É necessário conseguir “mais fontes de financiamento” para a Segurança Social, tendo em conta o “mundo de trabalho que tem de ser cada vez mais maleável e adaptável para que as pessoas consigam entrar no sistema, e que é um sistema inclusivo e que não exclui as pessoas”, acrescentou.

A governante defendeu também que “é mesmo preciso aumentar não só o salário mínimo nacional como também valorizar, em geral, os salários”. Apontando que “antes da pandemia era difícil ter consenso alargado” nesta matéria, destacou o aumento do salário mínimo para 705 euros em 2022 como “o maior aumento absoluto de sempre”, ao mesmo tempo que considera a evolução dos salários “um dos desafios enormes” do país.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Sustentabilidade da Segurança Social “exige novas fontes de financiamento”, diz ministra

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião