Farfetch lança nova edição do programa de estágios remunerado “Plug-In Graduates”. Há 30 vagas

Ao longo dos últimos seis anos, o "Plug-In Graduates" já recebeu mais de 230 trainees e conta com uma taxa de retenção superior a 90%.

Vem aí uma nova edição do programa de estágios remunerados da Farfetch, o “Plug-In Graduates”. Este ano, o unicórnio no setor da moda de luxo abriu 30 vagas para as áreas de tecnologia, produto e data. As inscrições decorrem até março, através do site da Farfetch.

“O ‘Plug-In Graduates’ é o programa de estágios ideal para os candidatos com formação em tecnologia, data ou produto que pretendam iniciar a sua formação profissional. Podem fazê-lo num ambiente verdadeiramente único, integrados em equipas globais e sempre com o apoio dos mentores destacados para este projeto. Através do programa, os candidatos têm a oportunidade de perceber como é desenvolver a plataforma tecnológica líder para a moda de luxo e conhecer um pouco melhor as soluções inovadoras que fazem parte do negócio”, afirma Cipriano Sousa, chief technology officer da Farfetch, citado em comunicado.

Com a duração de seis meses, o programa destina-se a quem pretende iniciar-se no mercado de trabalho ou tem menos de dois anos de experiência profissionais, e as candidaturas podem ser feitas para as várias funções em aberto dentro das áreas de software engineering, mobile, infrastructure, security, data engineering e product management.

O anúncio é feito num momento em que o unicórnio cofundado por José Neves tem planos para recrutamento em 2022. Neste momento, a empresa tem “um pouco mais de 150 vagas disponíveis para as mais diversas áreas dentro da empresa, desde a manutenção da plataforma ou as áreas de suporte”, adiantou recentemente Ana Sousa, VP de people da Farfetch, à Pessoas.

A data de arranque do programa de estágios está prevista para abril, nos escritórios da Farfetch em Lisboa, Porto e Braga. No entanto, este ano, e à semelhança das três últimas edições, o “Plug-In Graduates” vai voltar a ter um formato híbrido. Os trainees selecionados irão passar por um onboarding remoto e, mais tarde, experienciar com as suas equipas o dia a dia no escritório, adotando um modelo de trabalho flexível, com 40% do tempo no escritório.

O objetivo do “Plug-In Graduates”, que já vai na 7.ª edição, é proporcionar aos recém-graduados a experiência real de trabalhar numa tecnológica, em equipas multidisciplinares e em conjunto com especialistas dentro da empresa que disponibilizam mentoria do princípio ao fim do estágio. Ao longo dos últimos seis anos, o programa já recebeu mais de 230 trainees e conta com uma taxa de retenção superior a 90%.

Ana Sousa é VP people da Farfetch.

“A elevada taxa de retenção do ‘Plug-In’, acima dos 90%, mostra que a Farfetch é o excelente lugar para começar, ficar e desenvolver uma carreira em tecnologia. É uma oportunidade única para os recém-graduados que querem continuar a aprender em contexto real de desenvolvimento de projetos e têm curiosidade. É também uma oportunidade para evoluir numa empresa que, do ponto de vista do desenvolvimento tecnológico e da inovação, proporciona desafios e oportunidades únicas”, diz Ana Sousa.

“Procuramos pessoas com paixão e uma ambição positiva, que compreendem e valorizam o trabalho em equipa e que tenham vontade de abraçar desafios”, acrescenta.

Os interessados podem candidatar-se ao programa “Plug-In Graduates” aqui.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Farfetch lança nova edição do programa de estágios remunerado “Plug-In Graduates”. Há 30 vagas

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião