Têxtil português dá formação em lingerie e estágios internacionais

O centro de formação da indústria têxtil e de vestuário alarga a oferta à lingerie e moda de praia, passando também a disponibilizar estágios internacionais em França, Itália, Espanha e Alemanha.

Lingerie e moda de praia (biquínis e fatos de banho) são os dois novos segmentos na oferta formativa do centro de formação profissional da indústria têxtil, vestuário, confeção e lanifícios (Modatex) para 2022. O centro de formação vai permitir ainda, através do programa Erasmus+, a realização de estágios internacionais em países como Itália, Espanha ou Alemanha.

A escola de formação decidiu incluir estas novas formações no plano de atividades para este ano “devido ao êxito e interesse demonstrados” nas ações piloto realizadas entre setembro e dezembro, concluídas com uma exposição dos trabalhos na instituição.

Com uma duração total de 100 horas, a formação em lingerie está agendada para o mês de junho, com aulas presenciais aos sábados. Já o workshop de moda de praia, com uma duração de 28 horas e em regime pós-laboral, arranca a 14 de abril. A decorrer está outra experiência orientada para a criação de peças de tamanhos grandes (plus size).

Criado em 2011 e liderado pelo psicólogo José Manuel de Castro, que sucedeu a Sónia Pinto em janeiro de 2019, o Modatex tem sede no Porto, delegações em Lisboa e Covilhã, polos em Barcelos e Vila das Aves e conta ainda com extensões em Lousada, Marco de Canaveses e Pinhel.

Até novembro, as exportações da indústria portuguesa do têxtil e vestuário somaram 4.979 milhões de euros, mais 16% do que em 2020 e 2,8% acima de 2019, devendo registar “um dos melhores anos de sempre” no final de 2021, nas contas da principal associação do setor (ATP), ultrapassando os 5.300 milhões de euros.

Estágios internacionais a partir de junho

Outra novidade, anunciada esta quarta-feira, é que passa a disponibilizar a mobilidade Erasmus+ aos atuais e ex-formandos (até um ano após a conclusão do curso), que podem realizar um estágio internacional em empresas do setor têxtil e vestuário. As candidaturas estão abertas até 31 de janeiro, com França, Itália, Espanha e Alemanha na lista de destinos preferenciais.

Este estágio poderá ser de curta duração (44 dias) ou inserido no regime ErasmusPro (de 90 a 365 dias) e conta com “apoio financeiro e logístico” deste organismo, que resultou de um protocolo entre o IEFP, a Associação Têxtil e Vestuário de Portugal (ATP), a Associação das Indústrias de Vestuário e Confeção (ANIVEC) e a Associação Nacional dos Industriais de Lanifícios (ANIL).

Em julho de 2020, já durante a pandemia de Covid-19, o Modatex organizou um curso de E-commerce Fashion Styling em parceria com a plataforma de luxo Farfetch, que decorreu em regime pós-laboral e teve como objetivo formar pessoas na área do styling dirigido ao e-commerce e reforçar a oferta de profissionais com experiência no setor digital aplicado à moda.

A escassez de talento tem afetado muitos setores e há perfis especializados, que não exigem uma formação ao nível do ensino superior, onde essa falta de profissionais ainda é mais agudizada, levando a um aumento dos níveis salariais. A par de estivador, ferramenteiro e tubista, modelador têxtil está entre os sete profissionais especializados mais bem pagos, segundo o levantamento feito pelo ManpowerGroup para a Pessoas.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Têxtil português dá formação em lingerie e estágios internacionais

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião