Eco do Dinheiro. Porque vai a Microsoft comprar a Activision?

A tecnológica vai pagar o equivalente a 60,8 mil milhões de euros pela produtora dos populares jogos “Call of Duty” e “World of Warcraft”.

  • Porque vai a Microsoft investir tanto dinheiro na compra da Activision Blizzard? Veja o vídeo:

A Microsoft anunciou que vai comprar a Activion Blizzard, produtora dos populares jogos “Call of Duty”, “World of Warcraft” ou “Candy Crush”. O gigante do software vai pagar 69 mil milhões de dólares, o equivalente a 60,8 mil milhões de euros.

É não só a maior aquisição feita pela Microsoft, superando a compra da rede social LinkedIn por 26 milhões de dólares em 2016, Como é também o maior negócio de sempre no setor tecnológico.

As ações da empresa de gaming têm vindo a desvalorizar desde fevereiro do ano passado e a tendência acelerou durante o verão, quando foi noticiada a abertura de um processo por assédio sexual e denunciada a cultura tóxica da empresa. A Microsoft aproveitou esta desvalorização para adquirir a empresa por um valor mais baixo.

Esse não é o principal motivo. A aquisição é vista como uma forma de a Microsoft acrescentar conteúdos para a sua divisão de videojogos, onde sobressai a Xbox. Segundo os analistas, a compra tem também em vista o desenvolvimento futuro da realidade virtual, ou o chamado metaverso, onde todas as grandes tecnológicas estão a investir somas elevadíssimas.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Eco do Dinheiro. Porque vai a Microsoft comprar a Activision?

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião